PSD/Açores questiona data de entrada em funcionamento do ILS no Pico, um sistema prometido há 13 anos pelos governos regionais socialistas

O grupo parlamentar do PSD/Açores quer saber para quando está prevista a entrada em funcionamento do sistema ILS (Instrument Landing System) no aeroporto da ilha do Pico, uma promessa que vem sendo repetida há 13 anos pelos sucessivos executivos regionais socialistas e que ainda está por cumprir.

Jorge Jorge, deputado do PSD/Açores eleito pelo Pico, defende “a urgência de um esclarecimento cabal sobre o calendário de conclusão de instalação deste sistema”, até porque, lembra “passaram 13 anos desde que a instalação do sistema ILS no Pico foi prometida, em papel, pela governação socialista”.

Através do requerimento entregue hoje no parlamento, os deputados social-democratas procuram também saber se “o atraso na entrada em funcionamento do ILS, ficou a dever-se a algum atraso no pagamento relacionado com este sistema por parte da SATA Gestão de Aeródromos a fornecedores, à Autoridade Nacional de Aviação Civil ou a qualquer outra entidade”.

Em 2005, o Governo então liderado por Carlos César garantiu, em comunicado do Conselho de Governo, que havia reunido a 25 de maio, que ia “mandatar a SATA, entidade gestora dos aeródromos regionais, para proceder à instalação de um sistema de aproximação por instrumentos (ILS), no aeroporto do Pico”.

A promessa seria reiterada pouco tempo depois. A 26 de maio de 2006, na inauguração da nova aerogare do Pico, Duarte Ponte, então secretário regional da Economia, assegurou “(..) ser intenção do Governo dotar, em breve, o aeroporto do Pico do sistema ILS, o que irá melhorar, de forma significativa, a sua operacionalidade, designadamente em dias de reduzida visibilidade”.

Em setembro de 2006, o executivo volta a prometer o sistema ILS, através de comunicado do Conselho de Governo, de dia 15, onde se lê que serão dadas orientações à SATA Gestão de Aeródromos para que sejam lançados os concursos para a movimentação de terras para a instação de ILS no aeroporto do Pico e para a aquisição do sistema ILS propriamente dito.

A instalação do ILS no aeroporto do Pico seria adjudicada em 2008 e em 2009 é adjudicada a 2.ª movimentação de terras para instalação do sistema que, especificava-se então, seria do tipo CAT 1, com mínimos de cerca de 300 pés devido a obstáculos.

Dez anos depois do primeiro comunicado do Governo sobre o sistema ILS no aeroporto do Pico, Vítor Fraga, secretário regional do Turismo e Transportes em outubro de 2016, afirmava que “a nossa expetativa é de que até ao final do primeiro trimestre do próximo ano (ou seja, 2017) esteja tudo concluído”.

“A verdade é que estamos em abril de 2018, treze anos depois do comunicado do Governo de maio de 2005, e o aeroporto do Pico não tem ainda o ILS em funcionamento e o Governo, que termina hoje uma visita estatutária ao Pico, nada diz sobre a data em que este sistema entrará em funcionamento”, frisa Jorge Jorge.

Fonte: PSD Açores