Neubauer desiste do ERC Azores Airlines Rallye por danos graves na viatura

O regresso de Hermann Neubauer ao FIA ERC acabou em desilusão, já que este foi forçado a abandonar o Azores Airlines Rallye devido a um grande acidente sofrido, ontem, na especial Vila Franca/São Brás.

Os traiçoeiros 17 km da especial de quinta-feira afetaram vários pilotos, sendo Neubauer o primeiro a desistir, já que foi o terceiro na ordem de saída. Neubauer despistou-se a 500 m da linha de chegada e, enquanto ele e o seu copiloto Bernhard Ettel não sofreram qualquer dano, o mesmo não se pode dizer do seu Ford Fiesta R5. O veículo sofreu significantes danos a nível da carroçaria, levando os comissários de prova a excluí-los da segunda etapa do rali.

Neubauer explicou que tinha estado a conduzir de forma controlada nesta especial e que o acidente resultou de incorreções nas notas de andamento. “Não foi um erro de condução, já que estávamos a andar a um ritmo fácil e suave, muito longe do limite absoluto,” disse Neubauer.

“Depois, apareceu esta ligeira inclinação e eu reparei imediatamente [ao fazer a curva] que não ia dar. Normalmente, o que se escreve numa situação destas é “travar” ou “travar cedo”, mas nós não tínhamos isto escrito. Lembro-me perfeitamente do local quando fizemos o reconhecimento: primeiro, veio um lavrador num trator ao nosso encontro; depois, encontramos mais trânsito. Estas distrações levam-nos a cometer pequenos erros nas notas que depois têm graves consequências. Infelizmente, foi o que nos aconteceu. O ERC é outro nível. Contudo, isto não retira a minha responsabilidade no que aconteceu.”

Apesar da saída prematura e dos danos sofridos pelo seu Fiesta R5, Neubauer já está focado no seu regresso à ação no ERC. “Lamento pela equipa que trabalhou arduamente. Vamos olhar em frente e arranjar o carro para o Rally Islas Canarias.”

Fonte: Azores Airlines Rallye