Um trio de pilotos desistiu do Azores Airlines Rallye depois de percorridos menos de 20 quilómetros da primeira prova do FIA ERC.

Tibor Érdi Jr. não foi mais longe do que a primeira prova, a super especial de Lagoa (2,14 km), ao romper a roda direita dianteira do seu Mitsubishi Lancer Evo X. Perplexo, Érdi não conseguiu explicar o que aconteceu, comentando que “não tinha tocado em nada” durante a curta SS.

A maior parte dos quilómetros desta quinta-feira saem da primeira passagem por Vila Franca/São Brás, sendo que os seus 17,08 km se revelam muito traiçoeiros para vários concorrentes.

Hermann Neubauer foi o primeiro a ser apanhado pelas especificidades deste troço, ao ser afetado pela ligeira chuva que, entretanto, começou a cair. Sendo o terceiro a sair para a estrada, despistou-se no final do troço, mas felizmente tanto ele como o seu copiloto, Bernhard Ettel, saíram ilesos do incidente.

Pierre-Louis Loubet saiu a seguir a Neubauer, mas também falhou a linha de chegada, já que o seu Hyundai i20 R5 (OSCARO – patrocinado pela BRC Racing Team) sofreu um problema técnico a meio do troço.

Outros nomes sonantes que quase caíram nesta desafiante segunda SS foram o atual campeão ERC U27 Chris Ingram, que esteve a centímetros de embater com o seu ŠKODA Fabia R5 (Toksport WRT) numa árvore, enquanto Alexey Lukyanuk perdeu tempo ao entrar para um pasto.

Fonte: Azores Airlines Rallye