PSD/Açores quer saber quanto custou à SATA o cancelamento de voos no Pico

O grupo parlamentar do PSD/Açores requereu ao Governo regional um esclarecimento sobre o custo para a SATA Air Açores e para a Azores Airlines resultante dos cancelamentos de voos no Pico entre 2012 e 2016.

“Qual o prejuízo para a SATA Air Açores e para a Azores Airlines resultantes dos cancelamentos de voos no Pico no período entre 2012 e 2016”?, questionam Marco Costa e Jorge Jorge, deputados do PSD/Açores eleitos pelo Pico, num requerimento entregue no parlamento açoriano.

Os parlamentares social-democratas açorianos questionam também o executivo regional sobre o número de cancelamentos de voos no Pico, entre 2012 e 2016, por falta de condições meteorológicas, nomeadamente vento, água na pista e nevoeiro.

“Quantos foram os cancelamentos de voos no aeroporto do Pico resultantes de indisponibilidade de aeronave?”, questionam ainda os deputados.

Marco Costa e Jorge Jorge garantem que “a falta de operacionalidade” da pista do aeroporto do Pico, que leva ao sucessivo cancelamento de voos, “provoca danos à economia da ilha e à mobilidade dos cidadãos”, além de gerar “deseconomias para a ilha, para as pessoas, para a SATA e para a Região”.

No requerimento, os deputados sublinham que “o PSD/Açores tem manifestado o seu empenho para que os Açores sejam contemplados por uma política de transporte eficaz, uma vez que as acessibilidades são determinantes para o desenvolvimento de qualquer região e os Açores não são exceção”.

No âmbito da discussão do Plano e Orçamento da Região para 2018 o PSD/Açores propôs a introdução no Plano de uma verba de 150 mil euros para elaboração, durante este ano, do projeto de ampliação da pista do aeroporto do Pico, verba essa chumbada pelo PS, partido maioritário que suporta o Governo.

Fonte: PSD Açores

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *