Nas cartas de despedimento que enviou aos trabalhadores, a Cofaco não faz qualquer referência à construção de uma nova fábrica na ilha do Pico.

Em vinte e duas paginas, a conserveira explica as razões para o encerramento da fábrica.

Lembre-se que a Cofaco levou a cabo este mês um despedimento coletivo na Madalena, ilha do Pico, argumentando que vai desmantelar a atual fábrica de conservas.
Antena 1 Açores

Fonte (ver video clique no link): RTP Açores

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here