Comissão de Agricultura aprova relatório de Sofia Ribeiro sobre o futuro orçamento da PAC

A Eurodeputada Sofia Ribeiro viu aprovado o relatório sobre a posição da Agricultura no Quadro Financeiro Plurianual Pós 2020, do qual é relatora, na Comissão da Agricultura e Desenvolvimento Rural, no Parlamento Europeu. O documento foi votado esta terça-feira, 23 de janeiro, manifestando “uma posição firme na defesa da Política Agrícola Comum (PAC), dos nossos agricultores e do seu orçamento”, como explicou a Eurodeputada.

Para Sofia Ribeiro, os compromissos apresentados “refletem a enorme importância da PAC na melhoria do rendimento dos agricultores, na sua capacidade de fazerem cada vez mais com menos, responderem a cada vez maiores necessidades como a segurança e qualidade alimentar, o bem-estar animal, as boas práticas ambientais, entre outros, conseguindo ainda apresentar, aos consumidores Europeus, produtos agroalimentares de elevadíssima qualidade a preços acessíveis”.

No relatório aprovado ficou expressa a defesa do reforço do orçamento da PAC “ou pelo menos a sua manutenção”; a defesa da “atual estrutura da PAC, com os seus dois pilares intactos, evitando o cofinanciamento nacional nos pagamentos diretos e as tentativas de renacionalização do sector agrícola, que se quer única e exclusivamente europeia, bem como a necessidade de modernização e rejuvenescimento do setor agrícola, apoiando a entrada de jovens e novos agricultores, permitindo, ao mesmo tempo, a saída remunerada dos menos jovens”.

Num período marcado pelas incertezas do Brexit, a Social-democrata defendeu ser necessário “mais Europa na defesa da PAC” e que todos os investimentos agrícolas são “o maior garante de coesão social e territorial, em especial nas regiões ultraperiféricas ou de montanha, de coesão social, nomeadamente no que concerne à proteção da agricultura familiar e de pequena e média dimensão, mas também dos produtores agrícolas com capacidade exportadora, representando mais de 130 mil milhões de euros anuais em exportações”.

A Eurodeputada destacou ainda “o consenso que existiu na adequação dos apoios aos agricultores que mais necessitam”, bem como “a urgência da criação de um quadro legislativo europeu de combate às práticas comerciais desleais, que tarda em aparecer”, concluiu Sofia Ribeiro.

A finalizar as suas declarações, Sofia Ribeiro congratulou-se com o “enorme consenso em torno do aumento do envelope financeiro do POSEI”, que foi uma proposta sua, recolhendo a aprovação na Comissão de Agricultura do Parlamento Europeu. Sofia Ribeiro referiu a este respeito que “enquanto outros falam, a reivindicar sem saber bem o quê, eu apresento resultados e mais uma vez consegui que a posição do Parlamento fosse praticamente unânime na defesa do aumento do envelope financeiro do POSEI e tenho informação fidedigna de que esta pretensão será a adotada pelo restante Parlamento Europeu. Saibam agora os Governos fazer a sua parte ao nível do Conselho Europeu”.

Fonte: PSD Açores

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *