contador gratuito
Sexta-feira , 25 Maio 2018

PSD Lagoa vota contra orçamento e plano para 2018

Com o objetivo de tornar a vida mais facilitada às famílias, às empresas e às associações lagoenses, o PSD Lagoa propus em sede de antepropostas do orçamento, a eliminação da taxa de relaxe das faturas de agua, a suspensão do pagamento do imposto de derrama para as empresas, o aumento de 5% no valor dos protocolos com as associações e também um aumento próximo dos 10%, nos acordos de execução com as juntas de freguesia.
No entanto o PS não aceitou as propostas sociais-democratas, mantendo a linha de orçamento definida por eles próprios para o próximo ano, que entre outras reduções comparativamente ao ano em curso prevê, a redução de 50% nos apoios à habitação degradada, bem como a redução do apoio aos jovens estudantes do concelho, ao mesmo tempo que este orçamento apresenta um aumento considerável com a despesa dos cargos políticos afetos a este município.
Na reunião da assembleia municipal os deputados do PSD, propuseram dois votos de congratulação, sendo um referente ao 30º aniversário da Associação Cultural Grupo Jovem Pauense e o outro referente ao 10º aniversário do Agrupamento 1333 do CNE da Ribeira Chã, foi também representando pelo PSD, um voto de pesar pelo falecimento do Padre João Raposo Leite, anterior pároco de Nossa Senhora do Rosário.
Na sessão foram ainda, pedidos esclarecimentos sobre o loteamento urbano a realizar na Ribeira Chã, que segundo as questão levantadas pelo PSD, existem situações pouco claras e critérios de disponibilidade dos lotes que não satisfazem as necessidades de fixação de novas famílias naquela freguesia.
A sessão ficou ainda marcada pela confirmação da impossibilidade de no próximo ano se contar com as obras de requalificação da escola Padre João José do Amaral (Ficher), uma vez que a dotação do orçamento regional para aquela obra, apenas referir um valor residual em relação ao custo espectável, a representação do PSD desafiou a presidente de câmara, a que no uso da sua influência, quer no cargo ocupado neste município, quer dentro do partido socialista, quer ainda como presidente da AMRAA, negocie com o governo regional a rápida solução para aquela escola, uma vez que em 2014, era dado como certo o inicio das referidas obras, segundo afirmações públicas proferidas pelo presidente à data.
Assim o PSD Lagoa afirma que este é um mau orçamento, porque não vai ao encontro das necessidades do concelho e considera por isso provado que o socialismo na região e na Lagoa, fechou-se em si próprio, esquecendo-se dos afetos prometidos em tempos de campanha.
Fonte: PSD Lagoa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *