Vigilia de oração na Igreja do Santo Cristo da Graciosa foi momento alto da celebração da Semana dos Seminários

Vigilia de oração na Igreja do Santo Cristo da Graciosa foi momento alto da celebração da Semana dos Seminários

Nov 23, 2017 | Açores

Vigilia de oração na Igreja do Santo Cristo da Graciosa foi momento alto da celebração da Semana dos Seminários

Igor Oliveira e Rui Pedro Soares, seminaristas, deram testemunho na ilha branca

A Semana dos Seminários, que se realizou entre os dias 12 e 19 de novembro, decorreu na ilha Graciosa com a presença de dois seminaristas: Igor Oliveira, aluno do 4º ano e Rui Pedro Soares, do 1º.

“Foi uma estreia dupla” referiu o seminarista que teve a sua primeira Semana dos Seminários vivida numa comunidade.

“Foi a primeira vez que fui nesta missão de levar o que é o Seminário aos outros, e também a minha primeira visita à ilha. Acho que foi algo positivo, mesmo com algum receio e nervosismo, pela amabilidade, reciprocidade e autenticidade de todos aqueles com quem tive contacto nestes dias” refere Rui Pedro Soares numa nota enviada ao sítio Igreja Açores.

A Semana dos Seminários, na ilha Graciosa, começou na quinta feira dia 16 com participação nas escolas do primeiro e secundo ciclo; seguiu-se uma vigília de oração na igreja do Santo Cristo “que foi o ponto alto” e, depois, com testemunho nas Eucaristia dominicais. Momentos que os dois seminaristas “destacados” não esquecem.

“Todas as vezes que partimos nesta semana para dar a conhecer o Seminário e partilhar um pouco da nossa história nas escolas, nos movimentos das paróquias, nas eucaristias deparamo-nos sempre com algo novo” refere Igor Oliveira.

“Não só os alunos que ficam a conhecer a escola onde estudamos e onde fazemos o nosso processo de discernimento vocacional, como nós ficamos a conhecer outras realidades”, prossegue o seminarista.

“Este ano tive a oportunidade de viver esta semana dos Seminário na ilha Graciosa. Foi uma experiência ótima onde senti o carinho, atenção e a oração constante pelos Seminaristas e pelos sacerdotes”, concluiu.

Na Semana dos Seminários como é tradição toda a comunidade educativa saíu, à exceção dos professores e dos alunos do ano zero.

Fonte: Igreja Açores

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *