Praia da Vitória: PSD acusa Câmara Municipal de negligência no Fundo Social Municipal

Os Vereadores do PSD na Câmara Municipal da Praia da Vitória manifestaram em reunião camarária, na passada segunda-feira, a necessidade do executivo tomar uma posição firme e reivindicativa junto do Governo da República no que respeita ao Fundo Social Municipal, no sentido de ver inscrito o reforço do referido fundo tal como prometido no PREIT.

“Depois da medida estar inscrita no PREIT, e do mesmo ter sido assumido pelo Governo da República, parece-nos crucial que haja um efetivo reforço daquele Fundo, já que o mesmo se destina ao apoio social, à formação profissional e à promoção de emprego no concelho”, afirmou o vereador Rui Espínola.

“Ficámos verdadeiramente estupefactos com as declarações do Sr. Secretário de Estado, que atribui as responsabilidades nos atrasos do reforço das transferências da República para o Fundo Social Municipal ao Município da Praia da Vitória. E repudiamos, mais uma vez, o desrespeito pelo PREIT, com a cobertura do atual executivo camarário socialista, que voltou a demonstrar uma negligência atroz face aos interesses dos praienses”, disse.

O social-democrata acrescenta que “conforme o comunicado enviado pela Câmara, depois das declarações do Sr. Secretário, foi em abril de 2016 o último pedido de reforço do Fundo Social Municipal para a Praia da Vitória. Entretanto, já passou o orçamento de 2017 e agora prepara-se o de 2018, sem que o Município veja o Fundo Social Municipal reforçado e sem que tome qualquer posição pública reivindicativa sobre a matéria, lesando uma vez mais os praienses”, critica o autarca.

A concluir, Rui Espínola exorta o novo executivo camarário “a ser mais diligente e competente na defesa dos interesses do concelho, esquecendo os interesses político-partidários e sendo firme na exigência do cumprimento dos compromissos que o Governo da República assumiu”.

Fonte: PSD Açores

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *