Lotação Esgotada na Estreia de “Coração Negro” no Pico

Considerado o filme do momento, “Coração Negro” juntou centenas de cinéfilos na sua estreia na Ilha do Pico, promovida pelo Município da Madalena, dando a conhecer à população a maior produção cinematográfica gravada, integralmente, na ilha montanha.

Cerca de 400 pessoas assistiram, sábado, à estreia no Pico do filme “Coração Negro”, que contou com a presença de Rosa Coutinho Cabral, realizadora desta longa-metragem, produzida com o apoio do Município da Madalena, e que conquistou já os quatro cantos do mundo, arrecadando uma mão cheia de prémios, nomeadamente o de melhor realizador no famigerado Krajina Film Festival 2017 e do Melhor Argumento, no ARFF Internacional Film Festival.
Rosa Coutinho Cabral agradeceu o apoio do Município da Madalena e das restantes instituições e pessoas que “tornaram este filme possível”, confessando sentir uma enorme empatia pelo Pico e pelos picarotos.
A longa metragem, vencedora de inúmeros prémios nacionais e internacionais, conta a história de um casal que constrói uma casa na ilha do Pico. À medida que avança a construção, a relação destrói-se, sendo esta contradição a base da estrutura do filme, que se estreou em maio, no Festival IndieLisboa.
A promoção da cultura é crucial para o Município da Madalena, que apoiando esta produção dinamizou o tecido empresarial e social do Concelho, projetando a beleza paisagística e as tradições da Madalena e do Pico além-fronteiras, num forte contributo à cultura, ao turismo e à economia locais.

Fonte: C. M. Madalena