CÂMARA DA RIBEIRA GRANDE ALARGA REDE DE CATL’S A CRIANÇAS COM NECESSIDADES EDUCATIVAS ESPECIAIS

A Câmara da Ribeira Grande vai alargar, a partir de 2018, a rede de CATL’s a crianças com necessidades educativas especiais, respondendo assim a uma lacuna identificada no concelho. O anúncio desta medida foi tornado público pelo presidente da autarquia, Alexandre Gaudêncio, na cerimónia de entrega dos diplomas de mérito da escola básica Gaspar Fructuoso.
“A abertura de uma sala de CATL para crianças com necessidades educativas especiais será uma realidade no próximo ano, projeto que dará resposta a uma lacuna existente na Ribeira Grande”, referiu o autarca.
O CATL será criado na antiga escola do Espírito Santo, na freguesia da Matriz e terá capacidade máxima para sete crianças. “Estamos a ultimar o projeto e acreditamos que esta sala será muito útil para as crianças com necessidades educativas especiais que, assim, passam a ter onde ficar até os pais saírem dos seus trabalhos ao final do dia.”
Alexandre Gaudêncio lembrou, a propósito, que “os CATL’s municipais já envolvem cerca de trezentas crianças distribuídas por catorze salas e dão emprego a cerca de quarenta pessoas.”
Ainda no âmbito do apoio escolar, “a Câmara da Ribeira Grande criou o projeto
Sala Extra e o sucesso do mesmo é evidente porque 85% dos alunos abrangidos melhoraram os seus resultados”, especificou o autarca, assegurando a continuidade do mesmo.
Para além disso, a autarquia tem em curso outros projetos – expressão dramática, música ou dança – que “dão nota da nossa preocupação e da nossa intenção de proporcionarmos sempre o melhor para as nossas crianças e jovens”, acrescentou o edil.
O trabalho desenvolvido na Educação, no concelho da Ribeira Grande, “traduz-se num investimento que ronda os dois milhões de euros, um investimento que está a valer a pena porque estamos a desenvolver melhores condições de aprendizagem para as nossas crianças”, assegurou Alexandre Gaudêncio.

Fonte: Câmara Municipal Ribeira Grande