Escala inaugural da Viking Ocean Cruises nos Açores

O Terminal de Cruzeiros das Portas do Mar prepara-se para dar as boas vindas ao primeiro navio da Viking Cruises a visitar a Região. Cabe ao novíssimo Viking Sun as honras desta ocasião, num momento que se assinala a presença de mais um novo armador a colocar os Açores na rota dos seus itinerários atlânticos.
Em 2013, a Viking Ocean Cruises, uma nova divisão da Viking Cruises, foi criada com o intuito de se estabelecer no mercado de cruzeiros oceânicos, uma vez que a companhia do bilionário norueguês Torstein Hagen inicialmente centrou a sua atividade apenas nos cruzeiros fluviais.
Até à referida data, existia apenas a Viking River Cruises, companhia dedicada a itinerários de rio e detentora da maior frota do género, com cerca de 60 navios. Na atualidade, a sua área de operação estende-se por três continentes – Europa, África e Ásia, protagonizando viagens em famosos rios como o Reno, Sena, Danúbio, Volga, Nilo, Yangtze ou o nosso bem conhecido Douro. Para breve, projeta-se a entrada da Viking River Cruises no continente americano.
Não obstante, a nova aposta da Viking Cruises centra-se em águas mais profundas e por este motivo a subsidiária oceânica recebeu o primeiro navio em 2015, o Viking Star, e desde então mais três navios integraram a jovem frota: em 2016, o Viking Sea; em fevereiro de 2017, o Viking Sky e no mês passado o nosso visitante, o Viking Sun. Todos estes paquetes primam pelo facto de proporcionaram aos seus hóspedes ambientes de elevada categoria, com uma decoração moderna, embora aqui e ali um pouco minimalista, fruto da inevitável influência escandinava. A gastronomia está ao nível do melhor do género, assim como as cabines, todas com varanda. O Viking Sun, tal como os restantes membros da frota estão equipados com a mais recente tecnologia, que prima pela eficiência energética e minimiza significativamente a poluição atmosférica. No geral, estamos perante elevados padrões de qualidade que colocam estes navios com uma classificação de ****+, muito perto dos melhores da atualidade.
Construído nos estaleiros de Fincantieri, em Ancona, na Itália, o navio de cruzeiros que nos visita amanhã ostenta o pavilhão norueguês, possuiu 227 metros de comprimento, 29 metros de boca, 6,3 metros de calado e 47,800 toneladas de arqueação bruta. Os passageiros têm 9 decks disponíveis, por onde se encontram as 465 cabines, que e na sua capacidade máxima podem acomodar 930 passageiros. A tripulação é composta por 580 elementos.
Neste cruzeiro, o estreante navio da Viking Cruises está a realizar a viagem transatlântica entre Lisboa e Miami. Daquela cidade norte americana irá efetuar vários cruzeiros com destino a Cuba. A partir de janeiro de 2018, vai realizar um world cruise, complementando assim a já extensa área de operações da sua congénere fluvial.
A estreia em Ponta Delgada está prevista para as 07h00 desta quinta feira. Deverá permanecer em porto até cerca das 16h00, hora estipulada para a partida rumo a Hamilton, nas Bermudas.

Fonte: Portos dos Açores SA