Festival internacional Sete Sóis Sete Luas em Santa Maria

“O Festival internacional Sete Sóis Sete Luas há 25 anos promove as artes e as culturas do mundo mediterrâneo e lusófono em mais de 30 Países de 10 Países diferentes. Em Vila do Porto apresenta uma ambiciosa programação de residências artísticas e workshops gratuitos abertos a todos.
No âmbito da politica de intercâmbios culturais deste Festival, importantes artistas da ilha de Santa Maria como o fotografo Pepe Brix e o grupo musical Ronda da Madrugada participaram no Festival SSSL em Marrocos, em Cabo Verde, na Itália e na Espanha nos anos 2016 e 2017.
Com o fundamental apoio do Município de Vila do Porto e do Governo Regional dos Açores e com a colaboração da Associação “Os Amigos da Maia”, o programa já teve importantes residências com o street artist italiano Zed1 que entre 10 e 16 de Junho realizou um grande mural no edifício da “Banda 15 de Agosto” e com o pintor Luís Ibañez que apresentou à 22 de Junho nos claustros superiores da Camara Municipal de Vila do Porto a exposição “Paisagens inquietantes”.

No 28 de Outubro as 18:00 horas nos Claustros Superiores da Camara Municipal de Vila do Porto está prevista a inauguração da exposição «Ephemeride» do conhecido fotografo grego Konstantinos Ignatiadis. Ao mesmo tempo de 25 a 29 de Outubro das 14:00 as 18:00 horas o artista irá realizar na Biblioteca Municipal de Vila do Porto um workshop de fotografia aberto a todos.

Os dias 27, 28 e 29 de Novembro serão dedicados à arte de Cabo Verde e à gastronomia da região de Castilla-La Mancha na Espanha.
O reconhecido pintor e street artist cabo-verdiano Tutu’ Sousa irá apresentar a sugestiva exposição “Meus aCORdes” no 28 de Novembro as 18:00 horas nos Claustros Superiores da Câmara Municipal, realizando também workshop de pintura de 27 a 29 de Novembro.
Nos mesmos dias o chef manchego Jordan Carretero, irá realizar laboratórios de gastronomia de 27 a 29 de Novembro para amateurs e para chefs profissionais da ilha, realizando uma degustação de Sabores no 28 de Novembro pelas 18 horas por ocasião da inauguração da exposição do Tutu’ Sousa.

KONSTANTINOS IGNATIADIS (Grécia): «Ephemeride»
Konstantinos Ignatiadis, nascido na cidade de Ioannina, na região do Ipeiros (norte de Grécia), foi, de 1986 a 1992, o fotografo oficial do Centre Georges Pompidou M.N.A.M. em Paris. De 1992 a 1996 foi o fotografo do Museu Nacional “Jeu de Pomme” de Paris e, de 1993 a 1996, o fotografo do Museu do Louvre de Paris. A partir de 1993 inicia uma original investigação dedicada ao tema do retrato. O Estado francês adquiriu sete trabalhos de Ignatiadis dedicados ao retrato, para o “Fundo Nacional de Arte Contemporânea” de Paris.

TUTU’ SOUSA (Cabo Verde): «Meus aCORdes»
Nascido em Cabo Verde, na ilha de São Vicente, vive na Cidade da Praia desde os seus 2 anos de idade. Autodidata no domínio da pintura e da escultura, no seu percurso, contam-se várias exposições individuais e coletivas em várias ilhas de Cabo Verde, e em alguns países europeus e nos EUA, para além de realização de dezenas de pinturas de murais e decorativas como nos Aeroportos Internacionais Nelson Mandela na Cidade da Praia e Amílcar Cabral na Ilha do Sal, na Cidade Fort France em Martinica. Recebeu da Câmara Municipal da Praia, em 2005, uma medalha de reconhecimento pelo seu trabalho de embelezamento com obras de street art da Cidade da Praia. Nomeado artista do ano na Gala Marca de Confiança dos Caboverdianos 2015, Tutù Sousa tem deixado a sua marca em todos os países por onde anda, seja em pinturas de mural, desenhos, telas e mais e é referenciado no Guia turístico de Cabo Verde. Em 2016 ao comemorar 25 anos de carreira, dá início a um projeto pessoal Rua d’ARTE, uma galeria a céu aberto com objetivo de promover a arte e a cultura e também promover a união entre artistas.

JORDAN CARRETERO (Castilla-La Mancha, Espanha)
O chef espanhol Jordan Carretero Pueblas vem de uma família ligada há muito tempo à restauração. A sua primeira experiência realiza-se no Hotel de 4 estrelas Intur de Alcázar de San Juan (na região de Castilla-La Mancha, Espanha) onde vai alargar os seus conhecimentos de cozinha mediterrânea com referências asiáticas. Depois de uma colaboração num restaurante de Madrid de cozinha tradicional thailandesa, Jordan faz parte da equipa no Restaurante Yakitoro do carismático e reconhecido Chef Alberto Chicote, apreendendo elementos de fusão das duas cozinhas (mediterrânea e japonesa) para depois tornar-se o Chef responsável dos grelhados (JOSPER) do restaurante Yakitoro. Hoje o chef Jordan encontra-se numa fase de aprendizagem das cozinhas do mundo.”

Saiba mais em: http://www.festival7sois.eu/

Fonte: Municipio de Vila do Porto

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *