Primeiro A321neo Da Azores Airlines Saiu Da Pintura E Já ‘Respira’…

O Grupo SATA, com sede nos Açores, está a renovar a sua frota de longo curso, que voa sob a marca Azores Airlines. Como já tinha noticiado (LINK notícia relacionada) receberá, até ao final do corrente ano, o primeiro avião Airbus A321neo, que será inaugurado na rota de Ponta Delgada, na ilha de São Miguel, para Boston, na costa leste dos Estados Unidos da América.

Precisamente o primeiro aparelho que será entregue à companhia açoriana, já está pintado com as cores finais e foi fotografado nesta terça-feira, dia 24 de outubro, nas instalações fabris da Airbus na Alemanha, no Aeroporto de Hamburgo/Finkenwerder, a sair do hangar de pintura, pelo spotter TOBI/@Tobias_Gudat, que desde o início da tarde disponibilizou as fotos na sua conta de Twitter, e cujas imagens reproduzimos.

A primeira aeronave da nova geração dos A321, que terá a matrícula portuguesa CS-TSF, apresenta uma decoração interessante, com um desenho em tons de azul e verde, alusivos ao Ambiente e às caraterísticas dos Açores e ao apelo por uma Natureza preservada que os visitantes podem desfrutar no arquipélago. A todo o comprimento da fuselagem do avião pode ler-se a palavra inglesa ‘Breathe’, que significa em português ‘respirar’, ‘aspirar’ ou ‘tomar fôlego’, numa evidente referência ao ar puro que se respira nas ilhas. O avião ‘respira’ por enquanto na Alemanha, onde será acabado na linha de montagem da Airbus, e entregue, possivelmente, no final de novembro deste ano.

O segundo A321neo da Azores Airlines será entregue no final do primeiro trimestre de 2018, confirmou ao ‘Newsavia’ Isabel Barata, do Conselho de Administração do Grupo SATA, que adiantou que os quatro A321neoLR (versão preparada para viagens mais longas) serão recebidos a partir de 2019 e até 2021. Com estes novos aviões, que substituirão, à medida que se integrarem na frota, os três Airbus A310 que estão ao serviço, a Azores Airlines poderá funcionar com “uma rede mais eficiente e robusta”.

“Esta rede assenta numa placa giratória nos Açores que liga todas as ilhas da Macaronésia (Açores, Madeira, Cabo Verde e Canárias) ao Continente Português e à América do Norte”, anunciou Isabel Barata na sua intervenção no ‘Lusoavia – Encontro Internacional de Aviação dos Países Lusófonos’, realizado no início do corrente mês me Lisboa.

 

  • Fotos © Twitter TOBI/@Tobias_Gudat

Fonte: NewsAvia

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *