Bolieiro acredita que “Ponta Delgada está na linha da frente para ser um território competitivo na atração de investimento”

O Presidente da Câmara Municipal, José Manuel Bolieiro, hoje, na inauguração da Loja AKI, sediada na freguesia de São Sebastião, felicitou e “deu as boas-vindas a esta empresa, por chegar a Ponta Delgada, instalar-se e prestar um importante serviço à economia e à comodidade dos moradores e dos visitantes da nossa cidade, da nossa ilha e dos Açores”.
“Estou satisfeito com a oportunidade de uma nova iniciativa empresarial ter escolhido Ponta Delgada como um território atrativo, capaz de ser gerador de massa crítica e de retorno ao investimento. A AKI pode ter confiança que terá sucesso, porque escolheu Ponta Delgada, entendendo que está na linha da frente para ser um território competitivo na atração de investimento” – afirmou o Presidente do Município.
Desta forma, o Autarca deixou uma palavra de “satisfação quanto à capacidade de competitividade territorial do Município de Ponta Delgada para a captação de investimento. Se, por um lado, a competitividade e a concorrência são um bem para o consumidor e para a economia, por outro, a convergência das atividades similares, na descoberta de zonas de vocação da cidade para determinadas atividades, ajudam a complementar a oferta dos equipamentos e do imobiliário urbano público para uma orientação estratégica racional e até económica”.
Na ocasião, o Presidente do Município aproveitou para saudar este projeto, “que permitiu não só assegurar a oferta pública, que já existia, de estacionamento ao munícipe em geral e, simultaneamente, garantir lugares para os clientes da AKI. Isso ajudou a reordenar, com sensibilidade urbanística, esta zona. Fomos capazes de coordenar este investimento, progresso e desenvolvimento acautelando o risco de danos insanáveis para a vivência urbanística e descoberta de zonas de vocação de prestação de serviço”.
O Presidente do Município elogiou a forma como decorreu todo o processo de licenciamento deste investimento de 6 milhões de euros, feito por esta empresa mundial: “Importa em momento inaugural, observar o resultado, mas também fazer uma análise do caminho percorrido até aqui. Como Autarca, entidade licenciadora muitas vezes vilipendiada no que diz respeito à burocracia, à falta de celeridade, ao distanciamento em relação à promoção do investimento e às desconfianças do licenciamento, quero dizer a todos, com enorme satisfação, que quer a equipa representativa da AKI na preparação deste processo, quer a equipa municipal, souberam bem instruir o processo. Eis como, afinal, a burocracia do licenciamento tem também celeridade e cooperação entre promotor e entidade licenciadora”.

Email

Fonte: C. M. de Ponta Delgada

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *