Trabalhadores da Região em obra particular em período de campanha eleitoral

O deputado do PSD/Açores eleito pela Graciosa, João Bruto da Costa, alertou o Governo regional para a participação de trabalhadores da Região e integrantes de programas sociais de emprego numa obra particular em Santa Cruz durante a campanha para as autárquicas.

Num requerimento entregue no parlamento açoriano, Bruto da Costa explica que no decorrer uma atividade política foi “confrontado com a presença de funcionários públicos e outros” numa obra no lugar das Fontes, tendo o dono da obra explicado que naquela mesma obra já tinham estado funcionários de vários serviços, entre os quais os da Região.

“A situação obriga a que se perceba a que título uma obra particular pode ter a executá-la funcionários ou agentes da Região ou das autarquias locais”, explica, assumindo que chegou a admitir que se tratava de uma “operação programada pelo serviço de origem, a saber, a delegação de ilha da Secretaria Regional dos Transportes e Obras Públicas”.

“Podem os funcionários da Região estar destacados para obras particulares? Quem autorizou essa situação? Considera o Governo normal, aceitável e transparente que os seus funcionários possam ser dispensados durante uma campanha eleitoral executando obras particulares”, questiona o deputado social-democrata açoriano no requerimento.

João Bruto da Costa sublinha que o executivo açoriano deve uma explicação sobre este caso, questionando inclusive se o Governo está “disponível para solicitar uma inspeção aos seus serviços na ilha para apurar o que se passou” com a participação de funcionários da Região numa obra com uma duração aparentemente não inferior a duas semanas.

Fonte: PSD Açores

Ver também

Vasco Cordeiro incapaz de exigir à República que cumpra os seus compromissos

Mónica Seidi considera que a reação de Vasco Cordeiro à inexistência no Orçamento do Estado para 2018 de qualquer verba para a execução do Plano de Revitalização Económica da Ilha Terceira (PREIT) con..

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *