Esmeralda Câmara Lourenço aposta na fixação das pessoas

A candidata do PSD à presidência da Câmara Municipal das Lajes das Flores aposta na fixação de jovens qualificados no concelho, apresentando para isso um programa assente em três pilares: Educação e Cultura; Agricultura e Pescas; Turismo e Ambiente.

Na sessão de apresentação das diversas listas do PSD, Esmeralda Câmara Lourenço sublinhou a necessidade “de incentivar a fixação e a criação de microempresas no concelho que, pela sua diversidade, dinamizem a nossa economia e permitam a fixação das pessoas, sobretudo dos mais jovens”.

“É preciso reforçar os incentivos a todos aqueles que querem edificar, construir a sua empresa no nosso concelho”, afirmou.

A candidata acredita que, com uma câmara do PSD, o concelho “retomará o rumo do progresso, com dinamismo e uma liderança forte”, apostando numa política “que não se faz nos gabinetes”, e que “não se faz com trabalho precário, muito menos chantageando as pessoas que, por necessidade, tem de integrar estágios ou programas ocupacionais”, afirmou.

Esmeralda Câmara Lourenço quer “conservar e recuperar o que de mais belo temos no nosso concelho. A nível de imóveis, costumes e vivencias, pois trata-se de um património cultural que não se pode perder e que nos identifica”, afirma.

E não esqueceu que “a Agricultura e as Pescas são a base da nossa economia, pelo que temos de as modernizar e torná-las lucrativas, de forma a que as pessoas tirem maior rendimento e possam melhorar o seu nível de vida”.

A candidata interligou os dois setores com o Turismo emergente nos Açores, “que é uma prioridade, pelo que temos de ter mais formação, e melhorar o atendimento a quem nos visita, que pode desfrutar de um Ambiente de sonho”, salienta.

Para isso, “é necessário preservar e valorizar a vertente ambiental das Lajes das Flores, através da limpeza de trilhos, ribeiras e encostas, na construção e registo dos atuais e novos trilhos, e numa permanente atenção na organização e tratamento dos resíduos sólidos urbanos”, defende, frisando que tem de haver uma maior atenção para o Turismo Rural e o Alojamento Local.

Presente na apresentação das listas social democratas nas Lajes das Flores, o líder do PSD/Açores, Duarte Freitas, realçou o dinamismo da equipa social democrata, e criticou a gestão socialista, à frente da autarquia desde 2013, acreditando que “a equipa liderada pela Esmeralda vais ser a voz dos lajenses junto do PSD, junto dos açorianos e junto do Governo Regional”.

“Não vai desculpar o governo, de cada vez que não forem cumpridas as obrigações com as Lajes das Flores”, porque “é uma candidatura que tem os lajenses em primeiro lugar. Não é como a do PS, que põe os interesses partidários e do governo à frente dos seus cidadãos do concelho, E isso tem-se visto nos últimos quatro anos”, referiu.

Ler Mais em: PSD Açores

Ver também

Vasco Cordeiro incapaz de exigir à República que cumpra os seus compromissos

Mónica Seidi considera que a reação de Vasco Cordeiro à inexistência no Orçamento do Estado para 2018 de qualquer verba para a execução do Plano de Revitalização Económica da Ilha Terceira (PREIT) con..

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *