ùltimas Notícias

Alexandre Gaudêncio pretende apostar em “obras estruturantes para o concelho”

Alexandre Gaudêncio, recandidato do PPD/PSD à Câmara Municipal da Ribeira Grande, numa reunião com os empresários locais anunciou que pretende avançar com “obras estruturantes para o concelho” que envolvem um investimento de 15 milhões de euros na requalificação urbana do concelho nos próximos quatro anos.

“As obras pretendidas vêm na sequência da atividade que temos vindo a desenvolver nos últimos quatro anos e caso os ribeiragrandenses decidam dar-nos um novo voto de confiança pretendemos dar continuidade ao trabalho já iniciado”, declarou.

Continuar com o desígnio de virar a cidade para o mar com a construção da Frente Mar desde a zona do Monte Verde à Ribeira Seca, avançar com a construção do novo campo de futebol em Rabo de Peixe, melhorar o saneamento básico estimado em 6 milhões de euros e captar mais investimento privado para o concelho onde já se prevê mais de 30 milhões de euros a serem investidos na área turística, são algumas das metas anunciadas pelo candidato do PPD/PSD.

Alexandre Gaudêncio orgulha-se ainda do facto de neste mandato ter-se conseguido “reavivar o setor da construção civil na Ribeira Grande”, recordando que mais de 95% das empreitadas lançadas em concurso público terem sido ganhas por empresas do concelho.

A criação de ciclovias no centro da cidade, melhorar a eficiente energética dos espaços públicos, estimular a economia local com benefícios fiscais dentro das áreas da reabilitação urbana, assim como melhorar as condições do mercado municipal foram outras medidas apresentadas pelo candidato social-democrata.

“Colocar o concelho da Ribeira Grande na senda do desenvolvimento é um propósito que a nossa equipa assume uma vez mais com muito orgulho e com muito trabalho árduo”, garantiu Alexandre Gaudêncio que se recandidata a um segundo mandato à frente do município ribeiragrandense.

Ler Mais em: PSD Açores

Ver também

Vasco Cordeiro incapaz de exigir à República que cumpra os seus compromissos

Mónica Seidi considera que a reação de Vasco Cordeiro à inexistência no Orçamento do Estado para 2018 de qualquer verba para a execução do Plano de Revitalização Económica da Ilha Terceira (PREIT) con..

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *