ùltimas Notícias

Cláudia Martins pretende criar programa de apoio ao associativismo local

A candidata do PSD à Presidência da Câmara Municipal da Praia da Vitória, Cláudia Martins, defende a criação de um programa de apoio ao associativismo local que contemple todas as associações do Concelho “que pretende apoiar as nossas coletividades e que promova a sua atividade”.

Alegando a falta de estratégia no Concelho em todas as áreas de atividade, “e até na atribuição de apoios às nossas coletividades”, a candidata social-democrata assumiu que este programa terá uma regulamentação própria e “assente no principio da transparência, que deixe as nossas associações desenvolverem-se livremente”, defendeu.

Cláudia Martins adiantou que pretende que este seja “um programa com majorações para a aposta na formação, ou para a aposta em novas modalidades, no caso dos clubes desportivos. Porque as nossas coletividades vivem do trabalho das nossas gentes, que com grande espirito de voluntariado, ajudam a servir a comunidade”, acrescentou.

A candidata falava na apresentação da lista do PSD à Assembleia de Freguesia de São Brás, onde reforçou querer uma autarquia que “se posicione apenas como um parceiro perante as suas coletividades. Um parceiro que reconhece, que apoia e que incentiva a sua atividade”, concluiu.

Assumindo “um compromisso de proximidade e de maior disponibilidade para com a freguesia de São Brás”, Ana Cristina Silva é o rosto da equipa social democrata para a freguesia. Uma equipa que tem como prioridade “promover a união e aproximar as nossas instituições entre elas e para com a população”. Assim como, se comprometem a: alargar o horário de atendimento da Junta de Freguesia e a torná-la mais versátil no apoio que presta à comunidade; dinamizar a comemoração do dia da Freguesia; valorizar a zona de lazer; criar momentos intergeracionais; criar uma bolsa de estudo para apoiar os jovens de São Brás que pretendam ingressar no ensino superior; reivindicar o melhoramento das condições da escola do 1º Ciclo, nomeadamente a cantina; promover ações de formação/workshops em diversas áreas; Instalar a paragem de autocarros na Rua das Covas que dá apoio ao Picão; reivindicação do loteamento da Rua da Gorgita, entre outras medidas.

Ler Mais em: PSD Açores

Ver também

Vasco Cordeiro incapaz de exigir à República que cumpra os seus compromissos

Mónica Seidi considera que a reação de Vasco Cordeiro à inexistência no Orçamento do Estado para 2018 de qualquer verba para a execução do Plano de Revitalização Económica da Ilha Terceira (PREIT) con..

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *