ùltimas Notícias

Alexandre Gaudêncio quer atrair investimento da Diáspora

O candidato social-democrata a um novo mandato à frente dos destinos da Ribeira Grande, Alexandre Gaudêncio, anunciou que pretende atrair mais investimento da Diáspora após reunir-se com a Associação dos Emigrantes Açorianos.

Gaudêncio destacou a relação de proximidade que houve ao longo deste mandato com a comunidade emigrante ribeiragrandense tendo recordado da colaboração da autarquia em vários projetos com a associação, como a Taça de Golfe do Emigrante e o projeto da Praça do Emigrante.

O social-democrata esclareceu que o projeto da praça do emigrante já foi apresentado e está neste momento a ser trabalhado em estaleiro onde vai ser criado um Globo para assinalar as relações com a comunidade emigrante.

Uma medida que pretende implementar no próximo mandato passa pela criação de um Gabinete de Apoio ao Emigrante, em parceria com a Associação dos Emigrantes, de forma a “facilitar a informação a disponibilizar a quem ambicione investir na Ribeira Grande”, justificou.

Criar um pacote fiscal atrativo, com redução de impostos, para novos investimentos da comunidade emigrante assim como um pacote de viagens para os principais eventos culturais do concelho ou divulgar o acordo entre o Canadá e a Europa para novas parcerias entre os nossos empresários e o Canadá são outras medidas que Gaudêncio deseja executar.

“É prioritário para nós desenvolver os laços com os ribeiragrandenses que se encontram espalhados pelo mundo fora numa altura em que se vive uma nova dinâmica na nossa terra sobretudo ao nível do turismo e da economia local”, frisou Alexandre Gaudêncio.

É por isso seu objetivo reativar os acordos de Geminação com as cidades irmãs de forma a “divulgar a cultura local e a transmitir os valores da cultura açoriana às novas gerações dos emigrantes”.

“É um orgulho ser da Ribeira Grande e há que elevar o nome da nossa terra para os quatro cantos do mundo”, acrescentou.

Ler Mais em: PSD Açores

Ver também

Vasco Cordeiro incapaz de exigir à República que cumpra os seus compromissos

Mónica Seidi considera que a reação de Vasco Cordeiro à inexistência no Orçamento do Estado para 2018 de qualquer verba para a execução do Plano de Revitalização Económica da Ilha Terceira (PREIT) con..

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *