Sabrina Furtado aposta em refundar Vila Franca do Campo

A candidata do PSD à Câmara Municipal de Vila Franca do Campo, Sabrina Furtado, quer “refundar” a vila e o concelho, com um projeto assente “no orgulho de uma terra que já foi capital, cujo povo tem saudades de se sentir a alma Vilafranquense”, e assumindo-se como uma voz que se vai fazer ouvir “junto do Governo Regional. Se nós formos eleitos a 1 de outubro, o Governo Regional vai-se fartar de me ouvir”, assegurou.

Falando na apresentação pública da sua candidatura, no Largo do Infante, “com o Ilhéu como testemunha”, a social democrata disse que o cenário “não foi escolhido à toa”, ficando entre a Ermida de Santa Catarina, “a única que ficou de pé no terramoto de 1522”, e a estátua do Infante, “que simboliza um tempo novo de desbravamento e o que se passa hoje em Vila Franca do Campo, porque está sem nariz há um ano, e ninguém a arranja, mostrando desleixo”, avançou.

Sabrina Furtado lembrou que Vila Franca do Campo possui equipamentos “que estão construídos e dos quais se deve tirar o melhor proveito”, aludindo ao fecho “do Aqua Parque”, à obra que não avança no campo de jogos da Mãe de Deus, e falando também da gestão do Ilhéu, “que tem de ser conversada com o Governo Regional”.

A social democrata lamentou que, “por medo de serem prejudicados”, tenha havido “quem não pudesse fazer parte das nossas listas, por se sentirem prisoneiros de um certo regime. Porque ser do PSD nos Açores não é fácil e neste momento é de uma missão que se trata”, lembrou, frisando que, mesmo que haja pressões contra a sua candidatura, “pelos Vilafranquenses, eu não me calo e eu não tenho medo e quanto mais me pressionarem, pior”, garantiu.

A candidata agradeceu assim a todos quantos “tiveram a coragem de dar a cara, dizendo que apoiam ou que são do PSD, porque acreditam nos ideais da social democracia em Vila Franca do Campo.

Patrício Dias, Arnaldo Sousa, Cátia Barbosa, Pedro Cabral, Eduarda Braga e Jonas Guerreiro são os nomes que acompanham Sabrina Furtado na lista para a autarquia. Carlos Braga é o candidato à presidência da Assembleia Municipal.

Para as seis juntas de freguesia do concelho de Vila Franca do Campo, o PSD tem como cabeças de lista Anita Frias (Água d’Alto), Rui Perdigão (São Pedro), António Matos (São Miguel), Emanuel Medeiros (Ribeira Seca), Vítor Correia (Ribeira das Taínhas) e Raquel Melo (Ponta Garça).

Ler Mais em: PSD Açores

Ver também

Vasco Cordeiro incapaz de exigir à República que cumpra os seus compromissos

Mónica Seidi considera que a reação de Vasco Cordeiro à inexistência no Orçamento do Estado para 2018 de qualquer verba para a execução do Plano de Revitalização Económica da Ilha Terceira (PREIT) con..

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *