ùltimas Notícias

Duarte Freitas apela ao “bom senso” do Governo e da administração da SATA para “corrigir” rumo da companhia aérea

O líder do PSD/Açores, Duarte Freitas, apelou ao “bom senso” do Governo regional e do Conselho de Administração da SATA para que, após a desconvocatória da greve dos tripulantes de cabine, “reconheçam os erros, mudem o rumo e salvem a SATA”.

“O bom senso imperou da parte dos trabalhadores e esperamos que impere também da parte da administração e do Governo, que assumam com humildade o desastre a que levaram a SATA e que tenham a capacidade para ouvir os sindicatos, as pessoas, as entidades e o PSD/Açores para corrigir o que há a corrigir no rumo da SATA”, afirmou.

Duarte Freitas, que falava na sessão de encerramento da 4.ª edição da Universidade de Verão do PSD/Açores e da JSD/Açores que decorreu desde quinta-feira na Madalena, no Pico, considerou que a desconvocatória da greve dos tripulantes de cabine da SATA é um sinal de “bom senso” dos trabalhadores que deve ser seguido pelo executivo e empresa.

“Esta não era a altura de fazer uma greve porque estamos no período mais difícil para a SATA. Mas também não era a altura porque já percebemos que o Governo e os seus apêndices comunicacionais queriam servir-se dos sindicatos como bode expiatório para o desastre que o Governo provocou na SATA”, justificou.

O líder do PSD/Açores salientou que entre quinta-feira e hoje foi dado um passo importante para a “paz social na empresa e para a estabilidade laboral”, necessidades para as quais Duarte Freitas alertou, quinta-feira, durante a sessão de abertura da Universidade de Verão, iniciativa que marca a rentrée política do maior partido da oposição.

Assim sendo, sublinhou o líder dos social-democratas açorianos, “impõe-se agora que o Governo e a administração da SATA assumam com humildade o desastre a que levaram a SATA e que tenham a capacidade para ouvir os sindicatos, as pessoas, as entidades e o PSD/Açores para corrigir o rumo da SATA”.

O PSD/Açores anunciou um conjunto de soluções para resolver os problemas da SATA, que vão se remetidas por carta ao Presidente do Governo dos Açores, Vasco Cordeiro, e “mesmo não sendo responsável pelo estado a que chegou a companhia, o PSD/Açores vai continuar a tentar encontrar soluções que fogem ao Governo”, garantiu Duarte Freitas.

Entre as medidas defendidas pelo PSD/Açores para o Grupo SATA estão o pagamento imediato da dívida do Governo regional à transportadora aérea açoriana, a recapitalização da empresa ou a abertura da SATA a capitais privados.

Ler Mais em: PSD Açores

Ver também

Vasco Cordeiro incapaz de exigir à República que cumpra os seus compromissos

Mónica Seidi considera que a reação de Vasco Cordeiro à inexistência no Orçamento do Estado para 2018 de qualquer verba para a execução do Plano de Revitalização Económica da Ilha Terceira (PREIT) con..

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *