ùltimas Notícias

Alexandre Gaudêncio quer promover o turismo na Ribeira Grande

O candidato ao município ribeiragrandense pelo PPD/PSD, Alexandre Gaudêncio, pretende promover o turismo no concelho da Ribeira Grande através da captação de novos investimentos.

“Nos últimos 3 anos a Ribeira Grande passou de 10 unidades de alojamento locais para 73, o que corresponde a um total de 360 camas disponíveis no concelho”, declarou Alexandre Gaudêncio aquando da visita realizada à “Quinta das Rosas”, unidade de alojamento local que nasceu em 2015, e se localiza na freguesia da Conceição.

O candidato social-democrata defende precisamente a desburocratização dos licenciamentos, argumentando que “hoje em dia não faz sentido que quem queira investir numa cidade ou num concelho tenha que esperar semanas ou até meses pelos respetivos licenciamentos”.

É, pois, sua intenção reorientar o serviço interno camarário no sentido de haver uma resposta rápida para o munícipe ou investidor que queira investir no concelho ribeiragrandense.

Avançar com uma rede integrada de publicitação de todos os alojamentos locais existentes no município é também um dos objetivos do candidato à autarquia. Gaudêncio pretende socorrer-se de ferramentas informáticas, como o sítio online www.ribeiragrande.pt, para que quem queira visitar o concelho saiba, à partida, o que existe ao nível do alojamento através de informação atualizada.

“Nós não queremos investimento por investimento, mas sim um investimento sustentável que seja sinónimo de desenvolvimento local”, declarou Alexandre Gaudêncio, recordando ser contra “os monstros de betão” e sua principal preocupação “desenvolver a nossa terra de uma forma sustentável”.

Captar novos investimentos mas sem descurar a paisagem e o meio ambiente que diferenciam o concelho, bem como o reposicionamento estratégico da Ribeira Grande como Capital do Surf são algumas das medidas que segundo o candidato “trarão valor acrescentado para o concelho ao nível do turismo sustentável, da criação de emprego e da dinamização da economia local”.

Ler Mais em: PSD Açores

Ver também

Vasco Cordeiro incapaz de exigir à República que cumpra os seus compromissos

Mónica Seidi considera que a reação de Vasco Cordeiro à inexistência no Orçamento do Estado para 2018 de qualquer verba para a execução do Plano de Revitalização Económica da Ilha Terceira (PREIT) con..

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *