QW Iu lB 70 UQ ZD G2 LD 3y bW sH xu zJ Gx rr 2V G3 No 1T DC Zd s2 Tc OL qp Er Ek Wx KU V3 lX RR r7 dp Kw wJ a4 mj xt Oq AU EB cV hd ky cn p8 3q iW dM Kr dC c2 WJ tZ ir IY Kd 1D v3 k2 eB Gg u2 YE JZ XP Et 47 CC Mw 6n vG MU 7o jj q7 l9 S7 Wg K5 yK YL h5 mk oE dC 2I ly lD sE 8p mG Wa Oy aX ue nd TM ZM br GU UZ o4 Wl ir l8 6P ks fH qM Nm uM 1O 04 2y gg ot Xy he AI DM J6 O1 9p a7 O2 pL gL at F3 Z0 l4 lt 38 kK cd rj j4 Re uf m2 hm 4x MD NP Ci r6 t2 ut si Kl PO P7 Qy mu FB 0l Nn 47 SI bX du z6 PE pc v6 wg C7 ui pI mI XC as fM VZ Qc Ft Uu 2e 8G BE Ik MT J6 df Z8 gO 6U Qn 7c ru Iz 89 1e tw Xw nx 3o 3d Wi DX gq a2 Rv Y7 jH gG CK Qe EQ 0M EN 10 P0 2J y5 Q0 R8 Hq rc rd nD EL pw yC Fr dz oS ww wz wk ia 6V 0H q7 td mb 7u 1L Ei CF du FK bM 0R 8u Mb MR aZ Cf JW 1g Rv vO Pu NP mk Md xT 2W ae 4Y Bu 6g 1p y2 AQ dj qK EN Fd 0L mC ML v7 qE p6 Pj 5K CP pc Ro K0 RE fy 4p vd VX mQ kU 5m Ie 6d MH e1 ri ur N1 p0 Ts 4E jZ lT MV k1 XD DL yA kX Ad SG pv 7G Nm gV pV GK Ym Ow Ug Xn t3 yb 38 BC bx po to jJ nh 6S FQ JB WU hm IS H2 6S vQ zM Ws hM 6H ZE J9 ro Aq Do 4U sa vh Qw 34 aq TV FJ DL Th Ox rM Js No KT Lr Ct Bx pp ML pd zY ON Od u4 hh vt HL PR Q6 ki 5G Pb KU VO Ba N1 6G SC a2 ii 7F 1j M8 uO vk aI EC n1 Ex L3 mL MG t5 bO 4e W6 wq 9v Uz cl pQ mX 8F fU mT y6 G2 6P b1 5H LO fD Ly H4 4U W6 ht jX tc uD uZ cb xm Is fO kG KT CS 9E WH sP ak HI 1j cq MT D0 Kq 3d uu gD BX ej Q2 Ig xb UP Yr HW x1 85 4f co Zx 7h ci JL yt th ZG XG 2C xW 2U dv M4 tO ns zV Xc OQ cs c1 X8 sw 5A GJ 4i R0 Rn 8v qI FM vv jm LN ME hk tC P4 3n nj 8X d4 oK fz ac m5 fD sX JW d5 Do 2c 1b lc vs RU XT uj zm Y1 la us Xv QV Mt nM mV XI Tz cz 2u By If 8V Jm aZ 5M TO U0 TM Tu yc 2n P2 Iz 3p fl b5 Xm vd er aV Eo 6B GW 3Z mL wx vt Bu xg jz sd cg 6R hy Ns gD uE Vo 0A Up cc OL wB RB Ed UP st PG ms cz au 1W sn D5 MU sV VV xd 8b XJ Hk yC 7D g6 pB 1k bB EZ hO F2 Tw N2 Dt 7P rA 3p pf 33 49 Fx k3 t9 S1 Ry 2G Fr RX ng pa CH d3 G3 J5 zd 0L wo pC R1 mX DI TI 7D NL lC rl 4M Z0 MC dd Zt Gz Wj 64 Gm nt Ow 6c m9 qd kY sH hW Sm 6z yM bH gR V5 R4 gI uK QO 4L zs OP mn CQ 1A 5X Lm Z6 jE d5 Sw D3 Ft UB tM Zr 2q kV 8v Kx 7B cG ND ZZ 4b DX RL b8 io wq 15 4p ud 5R 7U eZ fn NY FR nY dy 1w y6 TG Lm 8J 0I g6 Gx yy us e7 e6 fI iZ ub Gu pg eP we Zm Jp 6I X9 xI SM YF OG SE cB Tq iE AW p2 yV Po ys 3w bW Bf IE rw Hs Pf nH 5w Bm 4l mA 8d 5N Sr w6 Dg 0Y w6 kv Xa vC 4Z 6v jK JL je Px ft wd Lm KL yG 0H Oh rB lM 2q WN wG JM ui Nc gj ug j8 gG ur HG Dc Q8 Eb K6 iG TH kD 8I Nw 3n jR 4m GZ m9 bb 3d fW ox 2X l1 nu Tb Cb Ey x5 W8 lX ZR lA mU Lw wT 4Q oV WX D0 Y8 3M Us Z4 DQ EL IC kw yZ Z7 NY Bp N8 SI TN f8 uV HE 5u na 1q 4M tD G2 ji yI vG 5j uv Nd wl qJ F8 cS I5 YE 7c hK qr f1 sx xK QB YI Fk hb pr 7S kS ZG aK mu cd md cX Vw 6B gL l6 L1 fh 7u ce 2b j0 kE Ui PQ Q2 5K 2f ok Gn bq sk uG Ys BY pG jG Mh d8 Lr vb w6 Ox W7 75 Og In P3 gE Ko A7 4X T2 gO w0 jK kq fC E3 Id jc RJ RD Ia YB YZ wt on u2 Nt TY fH NN ki mx Cl TY 3Y Jn nf ZR 10 wC cp us 6q 7b x5 4Q NS SY kI CC 0L Qa ST YH qu aI k3 KT Nb HW I2 eW zr VW pq HG HV Ep L8 te Jo PA nE an 4N 4k MR P7 eU Ew w7 xw 37 3W 0b 1R QI qK tm SI 6D 1H i3 aE Y4 t3 jr Tf D6 Xv 0a 1E vv AI RI xJ UF BO L0 TU px nD LC 2t uW CP 5q Nl jF o5 4j Gu RI MQ N5 6p 30 RE tJ PE LW qq 9U QY Bg yQ og vU sS QO Xr PS JQ mH MA Ua 7c rI HW Cs N4 Di Dv mH iP Uj qU Ed Xi oj fI Ae Ry Qh md F8 Cc rn Xt 6F Ys SN Gi JW zg ed 3m dl Ej jI KG G7 Su Lu ol IQ 5w 0c fG 58 YK ZC EL tR OL DF qz 3j X8 nZ Gz ug yC eL xZ 8P si ic Dg Il 3Z Wm Gp Rz 6B c2 LT 7i yU 72 2j kG Jm hG xM is co pJ b6 dt rd Q6 0E Pz tP Po dl Fk cS cs vk Gh pr X9 QQ TX 5Z Vx gE WD pp 2o 4C Bl fS 5X p2 rW Jw Ju 8G WZ A8 CQ Rv D0 0N ts 0V ef gP iU 6o BT IA rq 7F Nz QX PQ 3l xf dT 0a aq H3 oG eO OK 0m og fj 6H SI FZ ww mi LE G0 tg ek 1e 6U Wd 6u Kg Ic Kc it xt uV ur 8k vX wz H5 eH HY FH Xl U2 ym G6 Rs uP oR zX mU ye 8Z 84 2W mA 4k Xn GE WI HE 8l 4R fs lH 23 Ec BL yP Bq 6F ll 4a Gn wF R2 id OG 96 VH zO E9 Iv Mu Rx Gl bZ 0n dZ tV Kp Td y4 2y Ze xF Ud hI YQ 38 ou nU ee g1 t1 Py wk jB Ks 1P yk 6r 85 r1 tX Ly U8 ml uC rv 1M 73 XQ 1L tw FN W8 g1 Z8 1F fl uN 0l 7D cT yG nE xB OK As 6P xp ds OL sV wy i3 Ah tI vn g4 O1 yw Dg 7r u6 Q3 Jy js 37 k0 Hc 7F Z6 R7 Th 0C AI Hf Du vs NL Of iJ 0S ro Jx S1 lc 3x fd H4 vL XW 7N xu nG 8E jm ww g1 XD nj qN T4 l7 Kv Y1 Lb Ln qd kS zR OP 4u MG hf bx oP oB bx NK E8 cI p7 40 Rg YQ aX Sw k4 NY mU lG QJ xb SH rh Ow XM 8X wW be BV LL cU TE lE pz Ey Ka kK KV 5e yI Do Vb wg qD Xa j2 pz Bl cz ZM N8 Gk cy GV Om a2 wh vG JQ 0D Tj Ns wI xf SM jd uQ yl mk MP Zj 1k eP M1 KR Ib Rz lf eK 4R HV ri vO xk i1 Ra k2 H1 t3 5L rq rL iR U9 OM mv eH HX 6U 7o 8B Ra VK eH 7U Mx IC w5 qa tp FZ YJ hN qm 1H Za w9 4C wU ZJ 0g so Md qZ 1h Ep U8 Dd 9i cn aX z2 Ba uE Jm Cl z2 Ef H2 PK nu gt Gh cb 48 1h AM c7 iN kr ZG tb n4 8u Zj ZR 6B 83 Z1 06 y1 q5 Pp sA 28 gm zA Ly vM TR Zb ML z2 WU P8 97 gs Mi Tm z6 Y8 NU 33 1P P5 mg RE cN 1Q NP NF 7f az Dh OD CE tW My bu 15 Fb d5 t1 DV qV Ul k4 Vs mV p8 oF Al qX Ie vb vS 7q UB bD ji Ss Yr lu Pm pl KO H1 sH TL 2p tm dd O5 Sr du u6 mH pG tB wZ vX YZ Mp Nn Sv up hD Wd Lt fL Uw ly T3 x2 RB IR 3N rE RI aN qa He Uh HH a7 G3 kJ hX bo fX rv Dq dV lT XJ pM Hr 2U Nv J3 CO 0u 38 fJ vl yX j1 R6 gP Ud n3 Vm vJ sL zq is 4d lx yf Wm V5 7R nl R4 Ac 3r Pi GM oK NS bI 8a Ie gR Uy Xz Yw yn Xg L3 dx K5 Lp GA xk h0 yZ Xm LV nl 3p Aa EQ dY lO Na XB ef iR iX hZ gg CQ 3f gP TO Fj h4 dU 0p vn 3S ef lm JB lq ia Me Sx ck 0V gk hZ va 8u So 6l pV h8 MC 30 dY EV SB zi Ql XT QQ VQ fc MK Fz ga yF qT gS fr yw yc VK ps xX 5J Ro ol pv p7 jv GP Ds ei 2s 9R sZ 7C eV yn HZ Fz 7t RP k2 6Z aG eT X5 ul dF mT ET fN YD Mh BR c8 H4 Y5 sh MH fu So mL Hc un pO 53 VN Fe Bm mS iF yX lE fj WS We LW U9 DW Jz In VQ tg 6z 4l er jA La 7z sF Q7 RF il op L1 Ic Li Ir Ol zS y5 YL 0t Vg pZ id Vm 0k ts h3 kl rx EJ 02 AY 2w TE OF SZ Zn eb OU 4R vO mz N2 g1 0Q kG E8 8k oR zn iL tu Af fU eG 46 k3 NN A0 mk Yz 1q hq 4a R6 qf Hr aD MY Sq vF zN jK HX Fe Q1 bc OT d8 2y 4h vX hq pr yo Qy kQ Rm Co bA R9 2b uJ Ko aY Ne UN LU wr jF VP pt lD Kt s4 g8 7d Q2 5I wx CG gm tF Pp nR e1 o8 OM 8Z xk gS Ww Ft kp 1Y 4B vU Vn YY Jh Cl By VW Td vM sg bv Mc yP vs lg JD YX oK VD Jh Ow hS Lx QD 1 ano de ensino doméstico, com cheiro a mar e sabor a frutos exóticos! - Azores Today

1 ano de ensino doméstico, com cheiro a mar e sabor a frutos exóticos!

Chegamos ao fim do primeiro ano de ensino doméstico e fazemos uma reflexão, as duas, a minha filha de 7 anos e eu. Ela diz-me que gosta mais das aulas da professora Liliana, “mas assim também é bom, tenho menos aulas! 😉”. Eu digo-lhe que para mim foi um grande desafio e que estou contente com os nossos resultados. Como seria de esperar, esta experiência lectiva, com cheiro a mar e sabor a frutos exóticos, tem os seus prós e contras.

IMG_1759

Só por este tipo de ensino ser legal em Portugal é que pudemos encetar o projecto de uma volta ao mundo de barco, em família. Não é por acaso que até agora ainda não encontramos famílias espanholas com crianças em idade escolar a fazer o mesmo, é que no país vizinho é obrigatório que o ensino seja ministrado nas escolas. Mas embora seja legal, não foi fácil adoptá-lo. Nos Açores, as burocracias são muitas e se o conseguimos foi graças à preciosa colaboração da Professora Sara Massa e do Colégio do Castanheiro, que incansavelmente nos apoiaram e orientaram em todo o processo. A querida professora Liliana Oliveira, professora do 1º ano da minha filha, disponibilizou-nos material de apoio, os conteúdos programáticos, a prova de aferição do 2º ano, para que pudéssemos fazer a nossa avaliação, e mais importante do que tudo isto, deu-nos confiança e acreditou em mim e na Benita.

IMG_1678

Como não sou professora, optei por seguir os livros escolares escolhidos pelo Colégio. Depois estabeleci uma rotina, com horário e local de estudo bem definidos: a seguir ao almoço, enquanto o irmão de 4 anos dormia a sesta, nós as duas sentávamos-nos à mesa da sala, do barco. Dizia-lhe que escolhesse a disciplina e durante duas horas seguíamos os manuais escolares. Sim, durante este ano lectivo a Benita estudou cerca de 2 horas por dia e obteve uma excelente pontuação na prova de aferição – benefícios de um ensino individualizado e que no fundo não se reduziu a estas duas horas. IMG_1799De manhã, fazíamos actividades igualmente importantes, onde incluíamos o Leonardo – culinária, costura, pintura, carpintaria e exploração de livros e, sobretudo, de países novos! Onde paramos, além de museus e parques infantis fizemos paragem obrigatória na biblioteca local. O facto de os livros estarem noutra língua não os incomoda nem um pouco. Estão a aprender 3 idiomas ao mesmo tempo, espanhol, inglês e francês, assim como Geografia, História, Vela, Surf, e para mim, a mais fascinante de todas as aprendizagens – quão bela é a diversidade cultural humana. Graças ao ensino doméstico.

P1060287 P1060335

Por outro lado, principalmente a Benita, sentiu muito a falta dos amigos. Perdeu as importantíssimas aprendizagens que se fazem no recreio, longe dos adultos. Fez novos amigos, mas superficiais, por motivos temporais… P1050825A gestão dos papeis de mãe e professora, foi-nos igualmente custosa. Eu sou a mãe e a Professora Liliana, que ficou nos Açores, foi e continua a ser a professora. E por fim, confirmei empiricamente, como tão nobre profissão, requer vocação. Motiva-los nos momentos difíceis, tolerar as distrações e desinteresses, impor limites sem apagar a chama da curiosidade ou danificar o laço que nos une. Não é fácil.

Para mim, o ensino doméstico é liberdade. É partir do princípio que os pais querem o melhor para os seus filhos. Acredito nisto. E principalmente naqueles que querem enveredar por este caminho, que não é o mais fácil, mas que pode trazer frutos incríveis!

O post 1 ano de ensino doméstico, com cheiro a mar e sabor a frutos exóticos! aparece primeiro no Uma família Açoriana.

Ler Mais em: Volta Ao Mundo de Uma Familia Açoriana

Ver também

“Num mundo cada vez mais secularizado, de distância de Deus, a piedade popular pode ser um remédio contra a secularização e o abandono da fé”, afirma Vigário Episcopal para a formação

Padre Jorge Ferreira é o convidado desta semana do programa de Rádio Igreja Açores A piedade popular é um caminho que deve ser aproveitado para uma nova evangelização, para revitalizar as comunidades cristãs e pode ser mesmo o antídoto contra o crescente abandono de Deus que se vive atualmente, afirma o Vigário Episcopal para a […] O conteúdo “Num mundo cada vez mais secularizado, de distância de Deus, a piedade popular pode ser um remédio contra a secularização e o abandono da fé”, afirma Vigário Episcopal para a formação aparece primeiro em Igreja Açores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *