Acender das luzes  no Campo de São Francisco marca abertura oficial das festas do Senhor Santo Cristo

Acender das luzes no Campo de São Francisco marca abertura oficial das festas do Senhor Santo Cristo

19 de Maio, 2017 0 Por Azores Today

Acender das luzes no Campo de São Francisco marca abertura oficial das festas do Senhor Santo Cristo

Mai 19, 2017 | Manchete

D.João Lavrador dirigiu saudação aos peregrinos transmitida pela RTP Açores

Uma intervenção do bispo de Angra minutos antes da inauguração das luzes que ornamentam a fachada do Santuário do Senhor Santo Cristo introduziu uma novidade na abertura da edição deste ano das festas do Senhor Santo Cristo, em Ponta Delgada.

No adro da Igreja do Santuário, D. João Lavrador deixou uma saudação especial para todos os peregrinos destas festas e lembrou o mote que elas encerram: a relação de Jesus Cristo com a sua mãe e com o Centenário das Aparições de Fátima.

“Olhando para Jesus e para a sua Mãe vemos o trajecto a que somos interpelados: fazer o que ele nos disser e que é cumprir esse mandamento novo de nos amarmos uns aos outros” referiu D. João Lavrador numa breve alocução que começou com uma leitura do Evangelho de Mateus, feita pelo Reitor do Santuário, o cónego Adriano Borges.

A iluminação do Santuário é composta por 150 mil lâmpadas que preenchem quadros alusivos às peças que integram o tesouro do Senhor Santo Cristo. A banda Minerva dos Ginetes e a Charanga dos Bombeiros Voluntários de Ponta Delgada deram inicio ao momento musical já no Campo de São Francisco.

As festas começaram esta noite e prolongam-se até quinta feira da próxima semana, mas do ponto de vista religioso, os dias principais são o sábado e o domingo com as duas procissões da mudança e solene, respetivamente. Nesta última participará também o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

Este ano o Campo de São Francisco conta com menos comércio numa espécie de ensaio para aquele que é o objetivo do novo Reitor que pretende transformar o Campo de São Francisco num espaço religioso, sem trânsito e sem diversões à semelhança do que acontece com o Recinto de Oração do Santuário de Fátima.

Numa entrevista ao Igreja Açores o Cónego Adriano Borges diz que se trata de um objetivo que deve ser pensado e refletido “com todos”.

As festas este ano vão ser presididas pelo bispo de Fall River contando ainda com a presença do bispo emérito de Angra, D. António de Sousa Braga para além da presença do bispo diocesano, D. João Lavrador e do clero de todas as ilhas açorianas.

Ler Mais em: Igreja Açores