ESCOLA CENTRAL DA RIBEIRA GRANDE VAI DAR LUGAR A HOTEL DE QUATRO ESTRELAS

ESCOLA CENTRAL DA RIBEIRA GRANDE VAI DAR LUGAR A HOTEL DE QUATRO ESTRELAS

7 de Setembro, 2016 Não Por Azores Today

14291794_1241443232562127_4318512236822407641_nA Câmara da Ribeira Grande vai realizar uma hasta pública para arrendamento com opção de compra do edifício da antiga escola Central da Ribeira Grande para instalação e exploração de um empreendimento turístico do tipo hotel de quatro estrelas.

Tendo em conta que o edifício em causa, sito na rua do Alcaide, n.º 24, freguesia da Conceição, encontra-se desativado e desocupado, já não cumprindo a missão para que foi construído, é desejo da edilidade que o mesmo possa ser reaproveitado para ali instalar um hotel de charme.

Um hotel de charme é um conceito na hotelaria que surgiu no final da década de 1990 e refere-se a hotéis em prédios históricos ou de valor cultural. São, na generalidade, espaços que se distinguem dos outros hotéis pelo seu cunho histórico, conjugando a tradição com a modernidade.

Datado do ano de 1934 do século passado, o edifício onde funcionou a antiga escola Central da Ribeira Grande – ainda anterior aos edifícios do Plano dos Centenários – reúne todas as características para ser adaptado a hotel de charme, reforçando a oferta hoteleira no centro histórico da cidade que, de momento, só está dotado de alojamento local e turismo em espaço rural.

A autarquia, presidida por Alexandre Gaudêncio, abre assim uma janela de oportunidade ao investimento privado num edifício público através da celebração de um contrato de arrendamento, com opção de compra, por vinte anos. O edifício está avaliado em 780 mil euros e o valor base da renda mensal é de mil euros.

“Esta é uma oportunidade de valor porque não só se permite a recuperação de um edifício existente, como o valorizamos para fins turísticos. A Ribeira Grande precisa reforçar a oferta hoteleira e este é um passo importante que damos nesse sentido”, adiantou Alexandre Gaudêncio.

O edil vincou ainda que “isto só é possível fruto da dinâmica que vimos imprimindo na cidade e no concelho, tornando a Ribeira Grande cada vez mais apelativa para quem quer investir porque são muitas as pessoas que nos visitam diariamente e o trabalho que vimos desenvolvendo ao nível da promoção turística no exterior permite-nos pensar que o incremento de turistas será ainda maior no futuro.”

Alexandre Gaudêncio salientou também que “será este executivo que vai concretizar mais um anseio da Ribeira Grande, disponibilizando um edifício público onde será instalado o primeiro hotel no centro da cidade. A cidade e o concelho merecem-no e é um sinal claro que estamos no bom caminho.”

A adaptação da antiga escola Central da Ribeira Grande a hotel de charme vai “criar mais condições de emprego e reforçar a dinâmica empresarial que já se vem notando, reflexo do investimento que vimos colocando na realização de eventos de âmbito nacional e internacional que colocam a Ribeira Grande no mapa.”