“Paradoxo do Ser” de Rodrigo Miranda no Coliseu Micaelense

“Paradoxo do Ser” de Rodrigo Miranda no Coliseu Micaelense

11 de Junho, 2016 Não Por Azores Today

A exposição de fotografia é inaugurada terça-feira, 14 de junho, às 18h30, no foyer do Coliseu Micaelense, podendo ser apreciada até 5 de julho

Em exposição estão 17 fotografias subordinadas ao tema “Paradoxo do Ser”.
Um projeto cultural desenvolvido por Rodrigo Miranda e que tem origem na representação de figuras míticas que caraterizam os valores e o caráter do ser humano.
Grande parte da inspiração em termos expressionistas foram da Arte Renascentista da Antiga Grécia entre outras figuras religiosas, com o propósito de fazer pensar e sentir os observadores do projeto e, de certa forma, convidar a uma reflexão sobre o nosso próprio arbítrio.
Uma forma de promover a Arte Expressionista com uma visão diferente no contexto sócio cultural dos Açores, explorando o seu universo paisagístico, como refere o autor no texto de apresentação do projeto.
“Paradoxo do Ser” é enriquecido com a componente musical sob a responsabilidade da violinista Maria Mafalda Leite.
Rodrigo Miranda é natural de São Miguel. Sempre foi interessado por artes, desde a pintura à escultura, passando pelo desenho, mas foi na fotografia que se identificou e revelou mais.
Para além do gosto pelo registo de momentos únicos e imagens inesquecíveis, admite o fascínio pela criação de obras expressionistas com pessoas/personagens, sempre ou quase sempre, com um elenco histórico da sua criatividade.
Tem frequentado várias formações na área da fotografia e edição de imagem.
O projeto apresenta-se agora ao público sob a forma de exposição, a inaugurar terça-feira, 14 de Junho, às 18h30 no Foyer do Coliseu Micaelense. “Paradoxo do Ser” pode ser apreciada até 5 de julho, de terça a sexta-feira entre as 14h00 e as 18h00.