Movimento de Romeiros esclarece posição sobre criação de um novo rancho no lugar dos Aflitos nos Fenais da Luz

Grupo coordenador emite comunicado e lamenta insistência na criação do grupo contra a vontade da comunidade paroquial

O Grupo Coordenador do Movimento de Romeiros de São Miguel lamenta a insistência na criação de um novo rancho no lugar dos Aflitos, na paróquia dos Fenais da Luz, ouvidoria de Capelas, depois da desaprovação do pároco, ouvido o conselho pastoral da paróquia.

Num comunicado enviado ao Sítio Igreja Açores, depois do abaixo assinado posto a circular pela comunidade paroquial dos Fenais da Luz contra a criação deste grupo “por não ser representativo da comunidade” uma vez que “ a esmagadora maioria dos seus elementos não é sequer da paróquia”, o Grupo Coordenador sublinha que lhe compete “fazer cumprir o regulamento e zelar pelo harmonioso desenrolar das Romarias Quaresmais, promovendo a comunhão e união entre todos os romeiros e respetivas comunidades”, situação que “não está assegurada neste caso”.

A pretensão deste grupo de cidadãos, alguns deles já participantes em romarias quaresmais noutros ranchos, vem sendo analisada desde o inicio do verão do ano passado e nunca foi tida com bons olhos pela comunidade local que sempre entendeu esta iniciativa como uma atitude de “divisão”, pois esta comunidade já tem um rancho de Romeiros.

O assunto chegou mesmo a ser debatido no último retiro que se realizou no dia 17 de janeiro, na Ribeira Grande, e os 250 romeiros presentes, maioritariamente dirigentes, entenderam não dar o seu aval à criação de um novo rancho para evitar o desmantelamento do já existente.

Ainda assim, o grupo proponente insiste em sair nesta Quaresma, facto que o Grupo Coordenador já repudiou lembrando que a sua constituição “não está de acordo com o regulamento”.

“A criação e organização de qualquer Rancho de Romeiros na Ilha de São Miguel de acordo com o regulamento em vigor, aprovado pela Diocese e pelo qual se orientam todos os Ranchos, depende da aprovação do Pároco da localidade, ouvidos o Conselho Pastoral e o Grupo Coordenador dos Romeiros de São Miguel” sublinha o comunicado.

“Tanto quanto nos foi dado a conhecer, os elementos que pretendem incorporar-se neste grupo são, na sua esmagadora maioria (90%), oriundos das freguesias limítrofes e não do lugar a que o grupo quer levar o nome”, conclui o comunicado do Grupo Coordenador que assinala que o seu propósito é “única e exclusivamente cumprir e fazer cumprir este regulamento em vigor”.

Ver também

Gente gira e com bom pé direito! A equipa de Iniciados do Achada Futebol…

Gente gira e com bom pé direito! A equipa de Iniciados do Achada Futebol…

Gente gira e com bom pé direito! A equipa de Iniciados do Achada Futebol Clube foi recebida pelo presidente da Câmara Municipal do Nordeste. A equipa já venceu, na presente época, a Taça de Honra, sendo motivo de orgulho para os atletas, para o clube e para os achadenses. A Câmara Municipal do Nordeste quis…