É possível reforçar substancialmente as exportações açorianas para a Madeira, afirma Sérgio Ávila

O Vice-Presidente do Governo dos Açores manifestou hoje, em Ponta Delgada, a convicção de que “é possível reforçar substancialmente” a capacidade de exportação de produtos açorianos para a Região Autónoma da Madeira.
Sérgio Ávila salientou a proximidade entre os dois arquipélagos, bem como o facto de a Madeira ser um “mercado apetecível, porque importa, exatamente, os produtos de que temos capacidade de exportação”.

“Existe aqui um grande potencial”, frisou Sérgio Ávila, no final de uma reunião com Secretário Regional da Economia, Turismo e Cultura do Governo da Madeira, Eduardo Jesus, e com o Presidente da Câmara do Comércio e Indústria dos Açores, Mário Fortuna.

A reunião, integrada na visita do Presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albuquerque, aos Açores, permitiu abordar diversos aspetos das relações comerciais entre as duas regiões.

“O Governo da Madeira manifestou toda a disponibilidade para contribuir ativamente para que possamos divulgar a Marca Açores”, afirmou Sérgio Ávila, considerando que essa divulgação poderá suscitar maior apetência não só do consumidor madeirense, como também dos muitos turistas que visitam aquele arquipélago.

Para o Vice-Presidente, “a promoção da marca, o reforço da ligação às cadeias de distribuição e uma maior competitividade ao nível dos transportes são fatores que, conjugados, poderão reforçar a capacidade exportadora da Região e, particularmente, também reforçar o que para nós é essencial, que é a ligação entre os dois arquipélagos”.

“É para isso que iremos todos, a partir de agora, trabalhar em conjunto”, frisou Sérgio Ávila.
GaCS/CT

 

Ver também

Afeto 59

Afeto 59 Nov 18, 2018 | Afetos Clique aqui para aceder.