Vasco Cordeiro destaca “parceria sólida” com empresários para bom aproveitamento dos fundos comunitários

4919
O Presidente do Governo apelou aos empresários dos Açores para que aproveitem os instrumentos colocados à sua disposição, no âmbito dos novos fundos comunitários disponíveis, com vista à criação de riqueza e de emprego na Região.

“No momento em que estamos a iniciar esta fase de aproveitamento de fundos comunitários, através de um conjunto de instrumentos que são agora colocados à disposição dos empresários, apelo ao nosso empresariado para que reforce a consciência clara quanto à oportunidade que se abre com estes instrumentos, mas, sobretudo, quanto à necessidade imperiosa de eles serem utilizados para a criação de riqueza e de emprego na nossa Região”, afirmou Vasco Cordeiro.

O Presidente do Governo falava sexta-feira, em Ponta Delgada, na inauguração da segunda edição da Feira AçorExpo, integrada no Plano Estratégico de Promoção e Valorização dos Produtos dos Açores, desenvolvido pelo Governo dos Açores, em parceria com a Câmara de Comércio e Indústria dos Açores e em colaboração com a Sociedade para o Desenvolvimento Empresarial dos Açores (SDEA).

4921Vasco Cordeiro frisou que “só com esta parceria sólida e com esta comunhão de objetivos”, assente nos diversos instrumentos disponibilizados pelas entidades públicas e na capacidade já demonstrada pelos empresários regionais, é que se “constrói o sucesso”.

“O sucesso da nossa Região, naquilo que tem de capacidade e de concretização de fazer bem, no sentido de demonstrar que os nossos empresários ombreiam com qualquer outra parcela do nosso território, quanto à competitividade dos nossos produtos e da nossa economia”, acrescentou.

Nesse sentido, o Presidente do Governo apelou ao “melhor do esforço, do trabalho, da competência e do empreendedorismo que, em tantas circunstâncias, os empresários e trabalhadores têm dado provas”, uma vez que se apresentam como “parceiros essenciais para a Região vencer os desafios que tem à sua frente”.

Entre os vários instrumentos disponíveis, Vasco Cordeiro destacou o exemplo da “Marca Açores”, que está já em fase de concretização, com numerosos empresários a aderirem a este fator distintivo da qualidade dos produtos regionais.

“Uma outra medida é o Programa Operacional dos Açores 2020, através do sistema de incentivos ao investimento Competir+”, salientou Vasco Cordeiro, referindo, ainda, a importância de um conjunto de programas de formação e valorização profissional, com a comparticipação do Fundo Social Europeu, que são relevantes para o reforço da competitividade e sustentabilidade das empresas.

“Este é, no fundo, um conjunto de medidas às quais se junta o programa dirigido especialmente ao setor agrícola – ProRural+ -, que já está em execução e que, nessa componente da produção regional, sobretudo, num momento de tantos e tão grandes desafios, acaba por ser um contributo essencial para que a nossa economia tenha as ferramentas importantes para ser cada vez mais competitiva e possa criar riqueza e emprego na Região”, realçou o Presidente do Governo.

Esta edição da AçorExpo, que decorre no Pavilhão do Mar, em Ponta Delgada, conta com uma área de cerca de 1.400 m2 e mais de seis dezenas de stands destinados às empresas dos Açores das mais diversas áreas de atividade económica, incluindo espaços dedicados ao artesanato.
GaCS/PC

Ver também

Não se sabe a origem de novos casos de Covid-19 associados ao hospital de Ponta Delgada (Vídeo)

Fonte: RTP Açores (clique neste link para ver o video)