As cinco perguntas que Passos Coelho não respondeu nos Açores

As cinco perguntas que Passos Coelho não respondeu nos Açores

28 de Julho, 2015 Não Por Azores Today

O tempo tem estado bom e Passos Coelho decidiu vir aos Açores em campanha eleitoral.

Que venha, porque é muito bem-vindo, como são, aliás, todos os que vêm por bem.

Mas que queira fazer os Açorianos de tolos, é que é inaceitável!

Algumas das perguntas a que Passos Coelho não respondeu e que, por respeito aos Açorianos, devia ter respondido são:

1 – Porque razão Passos Coelho recusou a solidariedade aos Açorianos aquando das calamidades de Março de 2013, tendo, ao invés, dito ao Governo dos Açores que se queria ajuda, pedisse aos bancos?

2- Porque razão Passos Coelho decidiu retirar aos Açorianos 67 milhões de euros de transferências do Orçamento de Estado, a título de solidariedade, aquando da alteração da Lei de Finanças das Regiões Autónomas?

3 – Porque razão Passos Coelho cortou no financiamento à Universidade dos Açores, quando, devido à sua natureza arquipelágica, a mesma tem especificidades no contexto das universidades portuguesas?

4 – Porque razão Passos Coelho não quer que sejam os Açorianos a gerir todos os recursos do Mar dos Açores?

5- Porque razão Passos Coelho quer que os Açorianos paguem os tratamentos de saúde que têm de realizar no Continente quando esses tratamentos não estão disponíveis na Região?

Mas Passos Coelho deu efetivamente uma resposta, nos Açores. Quanto à resposta a que nos referimos, e que foi dada por Passos Coelho ao PSD/Açores, o PS/Açores espera que o deputado Duarte Freitas finalmente tenha percebido que não teve influência nenhuma na baixa de tarifas aéreas que resultou do novo modelo de acessibilidades aéreas aos Açores.

Fonte: Partido Socialista dos Açores