Vasco Cordeiro anuncia investimentos de 88 ME em energias renováveis estratégicos para a sustentabilidade da Região

Vasco Cordeiro anuncia investimentos de 88 ME em energias renováveis estratégicos para a sustentabilidade da Região

23 de Julho, 2015 Não Por Azores Today

4670O Presidente do Governo dos Açores anunciou hoje um investimento de cerca de 88 milhões de euros, entre 2016 e 2019, no setor das energias renováveis, o que prova a importância estratégica deste setor para o progresso e sustentabilidade futura da Região.

“Para os próximos quatro anos, o investimento nas energias renováveis será de cerca de 88 milhões de euros, valor que é significativo da aposta e da importância que este setor tem, do ponto de vista da estratégia que estamos a seguir, para o nosso desenvolvimento futuro”, afirmou Vasco Cordeiro.

O Presidente do Governo falava na inauguração das obras de ampliação e reabilitação da Central Hídrica de Além Fazenda, na ilha de Flores, que representou um investimento de cerca de quatro milhões de euros.

Na cerimónia, realizada no âmbito da visita estatutária do Governo a esta ilha, Vasco Cordeiro adiantou que, deste montante total, está previsto um investimento da ordem dos 53 milhões de euros no âmbito da geotermia, enquanto, no setor da produção hídrica, encontram-se previstos investimentos de cerca de 35 milhões de euros naquele período.

“No conjunto e após a concretização do total de investimentos em energias de origem endógena na Região, será possível atingir uma taxa de penetração de cerca de 56,7 por cento na Região”, salientou o Presidente do Governo.

Segundo anunciou, ao nível dos investimentos hídricos, o Governo dos Açores pretende avançar com a construção da Nova Central da Ribeira Grande, nas Flores, a qual, em 2017, possibilitará obter uma média anual prevista de mais 5 GWh de produção renovável, atingindo uma penetração da ordem dos 80% nesta ilha.

O Presidente do Governo sublinhou, ainda, que a Região mais do que duplicou os índices internacionais de penetração de energias renováveis, atingindo já 36,3%, quando o relatório ‘Renewable Energy Progress and Biofuel Sustainability’ aponta o valor de 15,3% de penetração de energias renováveis no contexto da União Europeia.

“Isso é significativo para que sirva, por um lado, de incentivo e, por outro, de prova daquilo que é possível fazer deste ponto de vista e da necessidade de continuarmos a investir nesta área, não apenas para o cumprimento de padrões internacionais, mas, sobretudo, porque tem a ver com o nosso progresso e com a sustentabilidade da Região que queremos ser no futuro”, salientou Vasco Cordeiro.

Na sua intervenção, o Presidente do Governo defendeu, por outro lado, a “necessidade absoluta” de, à semelhança do que acontece com produção de energia, se alargar a cada vez mais setores a rentabilização dos recursos próprios da Região, de forma a transformá-los e a rentabilizá-los em fatores de construção de progresso e de desenvolvimento.

“É isso, aliás, que, ponto de vista estratégico, o Governo faz, não apenas nos objetivos definidos para a política energética, mas também em termos de sistemas de incentivos ao investimento privado”, assegurou Vasco Cordeiro.

Com a concretização do investimento hídrico hoje inaugurado na ilha das Flores será possível aumentar a percentagem de produção de energia renovável nos Açores no decurso do próximo ano para um valor de 37% de penetração de ‘energia verde’, atingindo-se, assim, um valor nunca antes obtido no contexto regional.

GaCS/PC