CRISTINA CALISTO DECQ MOTA ENALTECE TRABALHO DE FUNCIONÁRIOS E VOLUNTÁRIOS NAS FESTAS DO IMPÉRIO DE S. PEDRO

CRISTINA CALISTO DECQ MOTA ENALTECE TRABALHO DE FUNCIONÁRIOS E VOLUNTÁRIOS NAS FESTAS DO IMPÉRIO DE S. PEDRO

1 de Julho, 2015 Não Por Azores Today

A Presidente da Câmara Municipal de Lagoa, Cristina Calisto Decq Mota, faz um balanço muito positivo do segundo ano da realização das Festas do Divino Espírito Santo do Império de São Pedro, realizadas de 25 a 29 de junho na Vila de Água de Pau.

Aquando do encerramento das festividades, a Presidente do Município Lagoense referiu que foram cinco dias de sucesso, sendo o momento mais alto das festividades o dia de domingo, com a missa e a procissão, onde deixou o agradecimento especial ao Padre João Furtado, pela participação e colaboração nestas Festas do Divino Espírito Santo.

Neste Sentido, a comprovar este sucesso, para além da procissão que integrou mais de duas dezenas de impérios do concelho, foram ainda servidas à comunidade local e visitantes cerca de 4000 sopas no Largo de Santiago. A Presidente da Câmara Municipal de Lagoa, Cristina Calisto Decq Mota, enalteceu com muita satisfação a colaboração esforçada dos seus funcionários, que se dedicaram e deram o seu melhor, realçando que o sucesso desta festa deve-se, precisamente, a eles e todos os voluntários, que foram muitos, a participar.

“Tudo isto é feito porque a Câmara Municipal de Lagoa tem colaboradores que são únicos e dedicados. Poderíamos ter feito mais e melhor, contratando empresas e pessoas qualificadas para o efeito, mas não seria igual, pois assim, não haveria o espírito de camaradagem e amizade. Fomos nestes dias uma verdadeira família”, salientou.

A colaboração destas Festividades também contou com a participação da Junta de Freguesia de Água de Pau e seus colaboradores, em que Cristina Calisto Decq Mota referiu não ser capaz de retribuir em palavras e em generosidade o que fizeram e a ajuda que deram.

A Presidente também agradeceu ao Sr. Carreiro, principal responsável pela confeção das sopas do Divino Espírito Santo, ao Cesário Cabral que foi o responsável por toda a decoração, nomeadamente do quarto do Espírito Santo e ao Sr. Gualter Barbosa, responsável pelo corte de carnes para as pensões.

No final a jovem autarca lagoense aproveitou a ocasião para referir que sentiu de todos a alegria e a satisfação em colaborar, mesmo sem terem essa obrigação. “Senti que se empenharam com sentido de responsabilidade de levar a cabo essas Festas do Divino Espírito Santo”, frisou Cristina Calisto Decq Mota.

Fonte: Câmara Municipal de Lagoa