ùltimas Notícias

MadalenAventura Atrai Mais de Uma Centena de Crianças

 

MadalenAventura_Foto[2]Experiências oceânicas, com incríveis passeios de mota de água, semi-rígido e whale watching, desportos radicais, hipismo e até aventuras noturnas fizeram parte desta viagem a um universo de sonhos e pura magia, que conquistou miúdos e graúdos.

Jogos, passeios e muita animação foram os ingredientes chave para duas semanas de diversão para os 102 aventureiros de palmo e meio, que participaram nas VI e VII edições do MadalenAventura. Descobrir recantos encantados na natureza e procurar tesouros perdidos ao cair da noite foram algumas das missões da pequenada.

Acampados no Parque de Merendas da Criação Velha, os participantes percorreram dezenas de quilómetros, aventurando-se por terra e mar, dia e noite, redescobrindo ainda a magia de uma das mais intrínsecas tradições locais, a chamarrita.

Com o fito de ocupar de forma lúdica os tempos livres dos mais jovens do Município, o MadalenAventura possui ainda uma vertente didática, desenvolvendo competências e incutindo o interesse pelas tradições e valores, num efetivo enriquecimento pessoal e comunitário.

Na Senda do Oceano

Por trilhos de lava, desvendando tradições, os aventureiros de palmo e meio, visitaram locais únicos.

A diversão aconteceu também no coração do Atlântico, com observação de cetáceos, passeios em mota de água e semi-rígido, ao longo da serpenteada costa de São Mateus e da idílica baía de São Caetano.

Mas, a aventura marítima não ficou por aqui.  O mergulho fez também as delícias da pequenada. A modalidade, que é reconhecida como um dos desportos mais salutares, proporcionou momentos de grande alegria aos jovens, despertando-os para a importância da prática desportiva.

Num acampamento-aventura não podiam faltar desportos radicais. Pelos ares, em Slide, a pequenada viveu momentos de pura adrenalina.

Visando dinamizar ações junto dos mais jovens do Município, o MadalenAventura é mais uma iniciativa pioneira da Câmara Municipal da Madalena, em prol do fomento da juventude, o sustentáculo de um concelho de olhos postos no futuro, assegurando aos jovens um presente com qualidade e dignidade e incutindo-lhes responsabilidade partilhada na construção de um futuro melhor.

Ver também

Lamentos de um poeta prisioneiro no seu próprio lar de Victor Rui Dores – Tanslated by Katharine Baker

Fonte: RTP Açores (clique neste link para ver o video)