Açores e Bermudas vão assinar acordo que consagra amizade entre os dois povos, afirma Rodrigo Oliveira

Açores e Bermudas vão assinar acordo que consagra amizade entre os dois povos, afirma Rodrigo Oliveira

14 de Junho, 2015 Não Por Azores Today

4461O Subsecretário Regional da Presidência para as Relações Externas revelou que os governos dos Açores e das Bermudas acordaram a assinatura de um memorando de entendimento que vai consagrar, ao mais alto nível, a amizade que une os povos dos dois arquipélagos do Atlântico.

“Esta foi uma reunião muito importante, um encontro com grande significado político e que terá uma ampla projeção no futuro, no âmbito do relacionamento entre os Açores e as Bermudas”, afirmou Rodrigo Oliveira, que falava sexta-feira, no final de um encontro com o ‘Premier’ da Bermuda, Michael Dunkley.

Neste encontro, segundo Rodrigo Oliveira, “foi acordado entre ambos os governos a assinatura, muito em breve, de um memorando de entendimento que consagre, ao mais alto nível, a amizade e a proximidade entre os nossos povos, mas que proceda também ao enquadramento da proximidade e da cooperação entre os dois governos”.

O Subsecretário Regional salientou que, para além dessa decisão, “foi trabalhado o texto desse memorando de entendimento, com base numa proposta feita pelos Açores, e pudemos chegar mesmo a um acordo sobre os seus termos e sobre os seus princípios gerais”.

Nesse sentido, adiantou que “as áreas contempladas serão, em primeiro lugar, a cultura, a história, as tradições populares”, mas o memorando de entendimento que será assinado incluirá também “uma área relacionada com as politicas do mar e a conservação marinha, recordando que os Açores e as Bermudas são ambos signatários da recente Declaração de Hamilton sobre o Mar dos Sargaços”.

O documento incluirá ainda uma área relacionada com os intercâmbios e o relacionamento institucional académico e universitário e outra que tem a ver com o associativismo comunitário, “muito em especial o apoio à projeção e promoção da cultura e o apoio social”, frisou.

Neste encontro, Rodrigo Oliveira e Michael Dunkley analisaram também questões relacionadas com a comunidade açoriana residente nas Bermudas.
4462“Pude testemunhar o apreço e a consideração do Governo das Bermudas pelo contributo da comunidade açoriana para o desenvolvimento deste território ultramarino britânico”, salientou o Subsecretário Regional, acrescentando que transmitiu ao ‘Premier’ das Bermudas um convite em nome do Presidente do Governo dos Açores para que visite a Região Autónoma dos Açores.

Para Rodrigo Oliveira, esta será “uma deslocação que teria um amplo significado político, no âmbito do estreitamente dos laços institucionais, mas também da afetividade que une os nossos territórios e os nossos povos”.

Neste encontro com Michael Dunkley participaram também Michael Fahy, Ministro dos Assuntos Internos, Trevor Moniz, Ministro dos Assuntos Legais, e Jeff Sousa, deputado no Parlamento das Bermudas, estes últimos dois políticos de ascendência açoriana, enquanto Rodrigo Oliveira esteve acompanhado pelo Diretor Regional das Comunidades, Paulo Teves, e pela Cônsul Honorária de Portugal nas Bermudas, Andrea Moniz de Sousa.

Ao final do dia, Rodrigo Oliveira participou, a convite do Governador George Fergusson, numa receção na residência oficial, por ocasião do aniversário da Rainha Isabel II, que reuniu as principais entidades politicas, civis e militares das Bermudas, mantendo depois um encontro com a comunidade açoriana nas Bermudas, no Clube Vasco da Gama, em Hamilton.

Esta deslocação oficial de três dias às Bermudas visou assinalar o 165.º aniversário da emigração açoriana para este arquipélago, onde se estima que cerca de 20 a 25% da população é descendente de portugueses, dos quais 90% de origem açoriana.

GaCS/SsRPRE