ùltimas Notícias

PILOTOS VOLTAM AO CONTATO COM AS SUAS RAÍZES NO SATA RALLYE AÇORES

Os concorrentes à 50.ª edição do SATA Rallye Açores voltaram ao contato com as suas raízes no final desta tarde mesmo antes do arranque da prova: procederam ao plantio de árvores numa reserva florestal próxima de Ponta Delgada.

O plantio de árvores tem vindo a ser uma tradição para o SATA Rallye Açores nos anos mais recentes, simbolizando o desejo do evento em retribuir algo ao meio ambiente. Esta ação ambiental foi pioneira nos Açores tendo já sido adotada por outros ralis.

Este ano, no entanto, houve um novo palco para esta cerimónia, o Pinhal da Paz, próximo de Ponta Delgada. Tal como o seu nome sugere, esta é uma reserva florestal pacífica que também serviu de palco a um churrasco aberto a todos os pilotos e equipas.

Nove pilotos plantaram pés de árvore de “folhado”, uma planta autóctone dos Açores que é conhecida pelas suas flores. Todos os pilotos registados FIA ERC, independentemente de serem dos Açores ou não, participaram na ação.

Um dos pilotos que pôs à prova as suas aptidões hortículas foi o francês Robert Consani, provavelmente o piloto que já plantou mais árvores nos Açores, já que esta é a terceira vez que participa neste tipo de cerimónias.

“É uma ideia fantástica que eu gosto muito de participar” disse, “quando estava a dirigir-me para o parque de assistência esta manhã, reconheci a árvore que plantei no ano passado, na frente marítima. Claro que a mesma cresceu, por isso é sempre bom ver os resultados dos nossos esforços”.

Os pilotos encontram-se atualmente a meio dos reconhecimentos, tendo já reconhecido as Sete Cidades. De seguida dirigir-se-ão para outras provas especiais conhecidas, como é o caso de Tronqueira, amanhã.

“As provas especiais estão muito melhores do que me recordava” disse o duplo vencedor do rali, Bruno Magalhães que também plantou uma árvore. “Existe menos gravilha e as especiais estão menos escorregadias do que antes. Estas condições permitir-nos-ão impor um ritmo mais forte desde o início”.

Antes disso, os pilotos terão que preocupar-se com a City Show que se realiza amanhã à noite. Esta é uma prova de demonstração, disputada em condições de prova, na frente marítima de Ponta Delgada. Os concorrentes partirão com um intervalo de três minutos numa prova com 3,5 km de extensão desenhada para chamar espetadores e permitir maior proximidade ao rali.

O espetáculo tem arranque marcado para as 20:30 com os 48 concorrentes do FIA ERC a partir em ordem inversa. Seguir-lhes-ão os concorrentes ao Campeonato Nacional de Ralis e finalmente, os concorrentes ao Campeonato dos Açores de Ralis.

Fonte: SATA Rallye Açores

Ver também

Fora de rota

Fonte: RTP Açores (clique neste link para ver o video)