II FEIRA DE AMBIENTE na Praia da Vitória

II FEIRA DE AMBIENTE na Praia da Vitória

1 de Junho, 2015 Não Por Azores Today

“A sustentabilidade ambiental é essencial à preservação das gerações futuras”, defendeu Paula Ramos

 _MG_4975 (1)A sustentabilidade ambiental constitui uma responsabilidade cívica, devendo ser promovida por todos os cidadãos no sentido de salvaguardar o futuro das gerações vindouras. A ideia foi veiculada por Paula Ramos, Vice-Presidente do Município da Praia da Vitória, no âmbito da sessão de abertura da II Feira de Ambiente, que decorreu na manhã de segunda-feira, 01 de junho, no Edifício Municipal da Marginal.

Segundo a responsável municipal, “é necessário alertar a comunidade para o perigo de esgotarmos os recursos naturais, colocando em risco a sustentabilidade das diversas espécies e, no limite, da própria espécie humana.”

“Nesse sentido, o Município aposta na concretização de iniciativas de educação ambiental, com vista a incutir na população um conjunto de valores e uma ética, que lhes permita adotar determinados comportamentos, não pondo em causa a qualidade de vida atual nem comprometendo a das futuras gerações”, referiu.

A edil praiense acredita que as crianças constituem o público-alvo das ações de sensibilização ambiental, considerando a facilidade desta faixa etária em assimilar novos conceitos e adotar novos comportamentos.

_MG_4933 (1)Para Paula Ramos, “esta feira tentou reunir, no mesmo espaço, diversas entidades da área do Ambiente, com o intuito proporcionar uma troca de experiências entre as mesmas e incutir, nos mais jovens, valores de respeito e preservação ambiental.”

“O Município tem desenvolvido um trabalho consistente no que concerne às temáticas relacionadas com o meio ambiente, nomeadamente a importância da poupança da água e tratamento de resíduos, pela empresa municipal Praia Ambiente, e a importância da conservação da natureza e recuperação das zonas húmidas, enquanto património natural, pela Autarquia”, disse.

“O desenvolvimento do projeto Life CWR e a participação nos programas “Eco-Escolas” e “Bandeira Azul” são algumas das metas traçadas pelo Município no sentido de valorizar o que é nosso”, concluiu.

A iniciativa, integrada nas comemorações do Dia Mundial da Criança (01 de junho) e Dia Mundial do Ambiente (05 de junho), englobou diversas atividades lúdicas e recreativas, nomeadamente animação infantil, exposições, troca de livros, jogos e trabalhos manuais.

Este espaço contou com a presença de várias entidades ligadas à área do Ambiente, que deram a conhecer a sua atividade e a sua oferta formativa, designadamente a empresa municipal Praia Ambiente; o Parque Natural da Ilha Terceira; a Junta de Freguesia do Porto Martins; o Grupo de Biodiversidade da Universidade dos Açores; a Biblioteca Municipal Silvestre Ribeiro; a empresa Rope Adventures; o Serviço de Proteção da Natureza e do Ambiente (SEPNA) da Guarda Nacional Republicana (GNR); a Grater; e a Escola Secundária Jerónimo Emiliano de Andrade.

Fonte: Município da Praia da Vitoria