NOVA GERAÇÃO DE AGRICULTORES DE AGUA DE PAU COM SUCESSO !

1655910_10152565198868096_6227155323062024510_n

Por Roberto Medeiros

10475445_10153055140408096_6284745620794111068_oÁgua de Pau sempre teve terra boa e da melhor do concelho da Lagoa. Porém a Agricultura atravessou um largo período em que a tendência foi trocar as novidades, os milhos, as batatas, as beterrabas….pela erva para as vacas e assim a Lavoura passou a ocupar os melhores serrados de terra desta Vila, à semelhança doutras, noutras ilhas dos Açores.
Depois dos agricultores mais velhos, terem passado os seus conhecimentos aos filhos, muitos deixaram a agricultura e viraram-se para a construção, serviços e outras actividades mais apetecíveis, mais fáceis, mas foi sol de pouca dura. Veio a crise e muitos foram parar para o canto da praça, para não falar de coisas piores e sem futuro.
Foi então que em Água de Pau, começaram a aparecer há alguns anos, os «novos-agricultores». Eles são cerca de 15 agricultores. Desde muito jovens a mais-ou-menos jovens, mas muito voluntariosos. São os filhos dos antigos desbravadores das «terras-férteis» de Água de Pau e, eles aí estão! Lutadores, inovadores, cheios de força e muita vontade de vencer e de tirar partido ao máximo das terras ainda não comprometidas com a Lavoura e os Lavradores.
Adaptaram as suas máquinas e tractores para tirar melhor rendimento da actividade e eis aqui um pequeno exemplo da revolução que começou há já algum tempo na Vila de Água de Pau. Decidi investir o meu tempo a vê-los a trabalhar e foi com imenso orgulho que acompanhei o Agricultor Válter Rebelo, numa das suas Plantações de Tabaco, no Caminho Novo – Água de Pau, numa terra, onde recentemente tirara batata. ( Plantação de Tabaco: No Tractor, a dirigir – Agricultor Válter Rebelo/ na pá de plantar: – 1º Cliff Raposo; 2º Paulo Jorge Cordeiro; 3º Ângelo Raposo; 4º André Moniz / Camionista de apoio – Fábio Carreiro)

[fbvideo link=”https://www.facebook.com/roberto.medeiros.52/videos/10153057839563096/?pnref=story” width=”600″ height=”450″ onlyvideo=”1″]

Depois, fui a outra propriedade, onde outra equipa de trabalhadores seus, andavam numa grande serrado-de-terra da Portela-à-Caloura, a sachar tabaco, plantado semanas antes. (Trabalhadores a Sachar o Tabaco: Hernâni Moniz; Filipe Moniz; Bruno Cordeiro; Valdemar Craveiro; Paulo Jorge Raposo; João Carlos Ponte; José Fernando Esteireiro; Francisco Descalço; Henrique Cordeiro; Milton Carreiro)

[fbvideo link=”https://www.facebook.com/roberto.medeiros.52/videos/10153057878683096/?pnref=story” width=”600″ height=”450″ onlyvideo=”1″]

Válter Rebelo é um entre 15 dos “Agricultores – Resistentes” de Água de Pau, provavelmente um dos maiores, neste momento. Já cultiva muitos hectares de terra boa desta terra e procura crescer mais ainda. Em Água de Pau arrendou serrados que estão distribuídos pelas nossas terras férteis, com batatas da terra e doce, melancias, abóboras, tabaco e morangos. Tem tido escoamento dos seus produtos, o que é fundamental para continuar a crescer com qualidade. Tem um grupo de homens-musculados bem jovens e amigos da terra ao seu serviço todo o ano. Sazonalmente contrata todos os braços disponíveis e com conhecimento de «sacho» em Água de Pau.
Vila de Água de Pau – RoberTo MedeirOs – Pauense com Orgulho !

11090857_10153055122438096_903300104251387761_o 11148543_10153055121833096_6556960531356001111_o 10861094_10153055121768096_5863619318413455688_o 11090857_10153055120618096_1477965185548827308_o 11222557_10153055120118096_4408505012068968696_o 11206523_10153055115423096_8198979378421452455_o 11206878_10153055115303096_8079467579187330094_o 11201159_10153055115273096_1179029835295407105_o 11119931_10153055115238096_3863390273874014185_o 10465479_10153055114918096_4010097032582516488_o 10298385_10153055114878096_1249472111594937476_o 11258030_10153055109203096_3313742596516289194_o 11147903_10153055107648096_2495851338061446059_o 11255539_10153055114298096_8877606049608355396_o 11219499_10153055112763096_7826989515892891823_o 11157377_10153055110038096_8177178314398932148_o 11224703_10153055104908096_6948972664128914018_o 11206480_10153055103643096_8293565107148597703_o

 

Ver também

Perigo à solta

Por Carmo Rodeia O Mundo está a ficar perigoso. Não é minha intenção alarmar nem falar de medo, sentimento que nos impede de arriscar e de sermos ousados sobretudo no amor, afastando-nos tantas vezes de Deus e dos outros. Acordei com um texto do Observador que me deixou ainda mais sobressaltada com sinais que confirmam […]