Câmara da Ribeira Grande garante transferência da esquadra da PSP de Rabo de Peixe para um novo edifício

11205558_957885387584581_6409294629656836585_nOs esforços desenvolvidos pela Câmara da Ribeira Grande no sentido de garantir a transferência da esquadra de Rabo de Peixe do atual edifício para um outro, na vila, que ofereça melhores condições de segurança, resultaram na assinatura de um protocolo entre a Santa Casa da Misericórdia da Ribeira Grande e Polícia de Segurança Pública.

Através desse protocolo fica garantida a transferência dos serviços da esquadra da PSP de Rabo de Peixe para um edifício da Santa Casa da Misericórdia da Ribeira Grande, concretizando-se, por insistência da edilidade, um anseio de longos anos.

“Os nossos esforços, em parceria com a junta de freguesia de Rabo de Peixe, permitiram resolver uma situação prioritária face ao risco que o atual edifício da PSP apresenta”, congratulou-se Alexandre Gaudêncio em declarações proferidas à margem das comemorações do 16.º aniversário do Comando Regional dos Açores.

A garantia de que a esquadra da PSP de Rabo de Peixe será transferida para um edifício do Santa Casa da Misericórdia da Ribeira Grande foi deixada pela ministra da Administração Interna, Anabela Rodrigues, que presidiu à efeméride realizada este ano na cidade nortenha.

“Identificada que foi uma vulnerabilidade no edifício da esquadra de Rabo de Peixe e estando esta ao serviço da população, o ministério da Administração Interna e a PSP procuraram, em conjunto com a Câmara da Ribeira Grande, encontrar uma solução que se traduz na celebração de um protocolo entre a PSP e a Santa Casa da Misericórdia da Ribeira Grande com vista à transferência da esquadra, após obras de adaptação, para um imóvel em Rabo de Peixe”, disse.

Esta é a solução que a Câmara da Ribeira Grande sempre defendeu e que, de resto, já havia sido anunciada há poucas semanas aquando da visita ao concelho do secretário de estado da Administração Local, indo ao encontro das necessidades das gentes da vila de Rabo de Peixe.

Alexandre Gaudêncio lamentou que o empenho demonstrado pela edilidade e pela junta de freguesia de Rabo de Peixe na resolução desta situação não tenha merecido a mesma atenção por parte do governo regional dos Açores.

“Esperávamos que outros nos ajudassem nesta luta, nomeadamente entidades governamentais regionais que, embora não tenham poder nesta matéria, poderiam e deveriam estar interessadas em resolver um problema que se assiste há vários anos. Não se pode assobiar para o lado fazendo de conta que nada lhes diz quando o bem-estar da população é colocado em causa, independentemente da área de atuação de cada um”, referiu

Fonte: Câmara da Ribeira Grande

.11209577_957885394251247_5537110073370939475_n  11140003_957885390917914_333344977654803654_n 10505569_957885384251248_6330185927553726264_n

 

Ver também

Eh pá!… Hoje precesei de ir ao Banco pra fazer lá um alavantamento….

Eh pá!… Hoje precesei de ir ao Banco pra fazer lá um alavantamento, fui com …