contador gratuito
Quinta-feira , 22 Fevereiro 2018

Serviço Diocesano da Catequese propõe programa para a Quaresma

Serviço Diocesano da Catequese propõe programa para a Quaresma

Fev 13, 2018 | Em destaque

Campanha propõe criação de um “santuário em casa”

O Serviço Diocesano de Apoio à Evangelização, Catequese e Missões propôs a toda a diocese de Angra um modelo base de catequeses para a infância e adolescência durante a Quaresma.

De acordo com a informação a que o Sítio Igreja Açores teve acesso, uma das iniciativas previstas é a renúncia quaresmal cujo produto da receita será entregue pela diocese de Angra às dioceses de Viseu e Portalegre-Castelo Branco, para ajudar as vítimas dos incêndios de outubro passado.

“Devido à boa ressonância da Campanha do Advento e às solicitações recebidas, o Serviço Diocesano de Apoio à Evangelização, Catequese e Missões elaborou uma Campanha para a Quaresma” afirma o diretor diocesano do serviço, o Pe. Jacob Vasconcelos.

O modelo de base é semelhante ao desenvolvido durante o Advento, inserindo-se agora, em cada semana, um compromisso concreto para ser posto em prática de forma individual e comunitária.

Esta campanha da Quaresma inicia-se com uma recoleção para todos os catequistas da ilha Terceira no dia 18 de fevereiro, das 14h00 às 19h00, no Seminário Episcopal de Angra.

A proposta de um itinerário quaresmal familiar e pessoal passa pelo uso do “Santuário Família” montado por cada família num espaço da casa, onde rezam em conjunto. Na mesa desse local, estarão simplesmente uma Bíblia, uma vela acesa e um mealheiro para a renúncia quaresmal. Em cada uma das semanas da campanha, será colocada sobre a mesa uma letra da palavra “Quaresma” que só se concluirá na Quinta-Feira Santa. Em cada dia, haverá também um compromisso concreto, para colocar em prática aquilo que se pretende melhorar.

A iniciativa- Campanha da Quaresma 2018 – deve começar na quarta-feira de cinzas, sublinhando o significado do tempo que se irá viver e convidando toda a família a centrar-se no essencial e a efetuar a sua renúncia. Este período de oração prossegue todos os domingos da quaresma, até à Pascoa.

Fonte: Igreja Açores