Papa apela à participação nas celebrações natalícias

Dez 20, 2017 | Em destaque

Papa apela à participação nas celebrações natalícias

Francisco fez uma catequese sobre a Eucaristia e rejeitou comportamentos de quem olha para o relógio diz «ainda estou a tempo»

O Papa exortou hoje no Vaticano as comunidades cristãs a prepararem e a viverem bem o Natal, participando da melhor forma nas celebrações desta quadra festiva.

Durante a audiência pública com os peregrinos, na Sala Paulo VI, Francisco salientou que o Natal é um tempo privilegiado para o “encontro pessoal com Cristo”, que acontece a partir da participação nas várias celebrações que marcam este tempo.

“Por estes dias, vemo-lo deitado numa manjedoura, mas é na Eucaristia que ele se revela a cada pessoa. Em cada missa preparamos não só o Natal de Deus no mundo, mas também o nascimento de cada ser humano no seio de Deus”, frisou o Papa argentino.

Francisco aproveitou a audiência para deixar votos de um bom Natal a todas as comunidades.

“Desejo um Natal assim a cada um de vós e às vossas famílias, que abençoo de coração“, disse na sua intervenção em língua portuguesa.

O Papa prosseguiu esta quarta-feira com as suas catequeses sobre a Eucaristia, e deixou algumas interpelações acerca do modo como os cristãos vivem a missa.

Para Francisco, compreender e viver bem todos os momentos da Eucaristia, todos os ritos que a compõem, é essencial para “viver e saborear a sua beleza”.

E isto é algo que deve começar desde o início, desde a entrada na igreja, que muitas vezes apontou o Papa, não é feita a tempo e horas.

“Não é uma boa atitude olhar para o relógio e dizer: ainda estou a tempo, chego depois do sermão e assim cumpro o preceito, não!”, frisou Francisco, recordando que a Eucaristia tem início “com o sinal da cruz e com os ritos introdutórios, porque ali os cristãos começam a adorar a Deus como comunidade”.

“Por isso, é importante garantir que não chegamos tarde, mas sim com antecedência para preparar o coração para estes ritos, para esta celebração da comunidade” reforçou.

Sobre o rito do sinal da Cruz, o Papa argentino destacou a importância de fazer bem este gesto, por todo o seu significado.

“Por favor, mães, pais, avós, ensinem os mais novos desde início a fazer bem o sinal da cruz. Digam-lhes que é sinónimo da proteção de Deus”, pediu Francisco, que relevou a centralidade de outros ritos, como o ato penitencial, uma forma de reconhecer perante Deus que “todo o Homem é pecador, e por isso no início da missa pede perdão”

“Se alguém que aqui está não é pecador, por favor, levante a mão. Não há mãos para cima. Tudo bem. Têm a vossa fé no sítio certo”, referiu Francisco.

O aproximar do Natal é sinónimo de festa, de alegria, e neste sentido o Papa argentino foi surpreendido com uma atuação do grupo de Circo de Cuba, que Francisco brindou com sorrisos e palmas.

(Com Ecclesia)

Fonte: Igreja Açores

2 COMENTÁRIOS

  1. papa francisco doa essa furtuna que ta no vaticano emata a fome aos que toudos os dias que tao a morrer A FOME E A SEDE EU TENHOMUITA FE EM SI POR FAVOR FACACA ALGUMA COUISA OVATICANO E MNILIUNARIO MUITAS VESES JCENTENASA QUE TAS AI Faz alguma COUSA POR TOUDOS OS QUE ESTAO AMORRER CENTENAS POR DIA OU MILHARES AJENTE VAI EFICA TUDO NAO E SO FALAR E DUAR ISSO NAO E NADA SEU OS POBRES PRESISAO NAO SOU EU POR FAVOR FACA O MELHOR QUE PUDER EU SEI QUE PODE….

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here